Preços do petróleo sobem após ataque em instalação da Saudi Aramco

Petróleo brent fechou em alta de 1,4%, a US$ 120,65 o barril

Campo de produção de petróleo na Rússia
Campo de produção de petróleo na Rússia 11/03/2019REUTERS/Vasily Fedosenko

Ouvir notícia

Os preços do petróleo subiram mais de 1%, para mais de US$ 120 o barril nesta sexta-feira (25), com traders conciliando avaliações do impacto de um ataque a uma instalação de distribuição de petróleo na Arábia Saudita com uma possível liberação de reservas de óleo pelos Estados Unidos.

O petróleo brent fechou em alta de 1,4%, para US$ 120,65 o barril, e o petróleo bruto dos EUA (WTI) encerrou em alta de 1,4%, para US$ 113,90. Os dois recuaram US$ 3 mais cedo.

Ambos os benchmarks registraram seus primeiros ganhos semanais em três semanas — o brent subiu mais de 11,5% e o WTI ganhou 8,8%.

Uma instalação de armazenamento da Saudi Aramco em Jeddah foi atingida por um ataque. A mídia estatal saudita relatou uma série de ataques de drones e foguetes pelo movimento Houthi do Iêmen, alinhado ao Irã, e uma enorme nuvem de fumaça preta foi vista subindo em Jeddah.

O governo Biden está considerando outra liberação de petróleo da Reserva Estratégica de Petróleo que, se realizada, pode ser maior do que a venda de 30 milhões de barris no início deste mês, disse uma fonte.

Mais Recentes da CNN