Preços do petróleo sobem pelo segundo mês consecutivo nos Estados Unidos

Os ganhos mais recentes desfazem uma boa parte do alívio experimentado nos mercados de energia nas últimas semanas

Bomba de petróleo na Bacia Permian, em Loving County (Texas)
Bomba de petróleo na Bacia Permian, em Loving County (Texas) 10/12/2021REUTERS/Angus Mordant

Matt Egando CNN Business

Ouvir notícia

Os preços do petróleo nos EUA subiram acentuadamente na terça-feira (10), subindo acima de US$ 81 o barril pela primeira vez em dois meses.

O petróleo fechou em US$ 81,22 o barril, alta de quase 4% no dia. É o nível mais alto para o petróleo desde 11 de novembro.

Os ganhos mais recentes desfazem uma boa parte do alívio experimentado nos mercados de energia nas últimas semanas.

Os preços na bomba também interromperam seu recente recuo. A média nacional é de US$ 3,30 o galão, um centavo a mais que há uma semana, segundo a Associação Automobilística Americana (AAA).

Os analistas do governo revisaram para cima sua previsão de preço do gás na terça-feira.

A Administração de Informações sobre Energia dos EUA agora projeta que os preços da gasolina terão uma média de US$ 3,06 por galão em 2022. Isso é superior à previsão do início de dezembro da EIA de US$ 2,88 por galão.

Os preços do petróleo começaram a cair no início de novembro com rumores de que a Casa Branca interviria para esfriar os mercados de energia. O presidente Joe Biden anunciou a maior liberação de barris da Reserva Estratégica de Petróleo em 23 de novembro.

O petróleo continuou caindo com os temores sobre a variante Ômicron, caindo para US$ 65,75 o barril em 1º de dezembro. Mas o petróleo fechou na terça-feira cerca de 24% acima das baixas recentes.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN