Proibição dos EUA a petróleo russo derruba ações europeias

Índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 0,51%, a 415,01 pontos

Bolsa na Alemanha
Bolsa na Alemanha Reuters

Sruthi ShankarSusan MathewBansari Mayur Kamdarda Reuters

Ouvir notícia

As ações europeias caíram nesta terça-feira (8) após os Estados Unidos banirem importações de petróleo russo, o que aumentou a volatilidade e temores de estagflação global e contrabalançou uma recuperação de papéis financeiros.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 0,51%, a 415,01 pontos, em um pregão agitado em que os setores de tecnologia, saúde e materiais pesaram no índice.

O presidente dos EUA, Joe Biden, baniu nesta terça-feira importações de petróleo e energia russos, intensificando uma campanha de pressão sobre Moscou em retaliação à invasão da Ucrânia, enquanto o Reino Unido disse que eliminará gradualmente as importações russas de petróleo e derivados até o final de 2022.

Até agora, a União Europeia se absteve de proibir as importações diante de sua dependência do petróleo russo e das possíveis repercussões na inflação.

O STOXX 600 recuou quase 15% até agora este ano, uma queda em relação às máximas recordes conforme a crise na Ucrânia se intensifica.

  • Em Londres, o índice Financial Times avançou 0,07%, a 6.964,11 pontos;
  • Em Frankfurt, o índice DAX caiu 0,02%, a 12.831,51 pontos;
  • Em Paris, o índice CAC-40 perdeu 0,32%, a 5.962,96 pontos;
  • Em Milão, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,79%, a 22.336,10 pontos;
  • Em Madri, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,82%, a 7.783,40 pontos;
  • Em Lisboa, o índice PSI20 valorizou-se 1,39%, a 5.468,64 pontos.

 

 

 

 

Mais Recentes da CNN