Raízen adere a Pacto Global da ONU, maior acordo de sustentabilidade corporativa

Empresa diz que está empenhada em tornar iniciativa e seus princípios parte da estratégia, cultura e operações cotidianas

Unidades de produção Raízen
Unidades de produção Raízen Mariangela Ctr

Beth Moreira, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

A Raízen informou que aderiu ao Pacto Global da ONU, maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo com objetivo de engajar o setor privado e mobilizar práticas de negócios nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa diz que está empenhada em tornar o Pacto Global e seus princípios parte da estratégia, da cultura e das operações cotidianas da companhia.

“A adesão ao Pacto Global, aliada à recente criação da nova Vice-presidência de Estratégia e Sustentabilidade, reforça o compromisso da Raízen com as melhores práticas socioambientais e de governança e com o avanço da nossa Agenda ESG, com foco na estratégia de gerar valor para clientes, consumidores, fornecedores e acionistas”, diz a companhia.

Mais Recentes da CNN