Reclamações de consumidores cresceram 43% desde janeiro, diz pesquisa

Associação registra mais de 21 mil ocorrências até agosto

Ouvir notícia

Um levantamento feito pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste) indica que o número de reclamações de consumidores desde começo de 2020 foi 43% maior do que no ano passado. 

O setor de bens e consumo lidera o ranking com 26% das reclamações. Ocorrências ligadas ao lazer como reembolso de passagens aéreas, shows e eventos culturais aparecem logo em seguida. Em terceiro lugar, está o setor de finanças, em virtude do aumento de dívidas relacionadas ao auxílio emergencial.

Ainda segundo a pesquisa, a associação registrou mais de 21 mil ocorrências até agosto, mais que o dobro das mil reclamações registradas no mesmo período de 2019.

Leia também:

FGV: confiança do consumidor no Brasil sobe em agosto, mas ritmo desacelera

Especialista em direito do consumidor explica regras de reembolsos na pandemia

De máscara, consumidores escolhem brinquedos em loja em São Paulo
De máscara, consumidores escolhem brinquedos em loja em São Paulo
Foto: CNN (19.ago.2020)

(edição de texto: Luiz Raatz)

Mais Recentes da CNN