Recuperação do turismo de São Paulo parece definitiva, diz secretário

Em entrevista à CNN, o secretário de Turismo e Viagens do estado de São Paulo, Vinicius, Lummertz, mostrou confiança na retomada do setor

Vinícius Tadeuda CNN*

São Paulo

Ouvir notícia

O turismo de São Paulo está se recuperando e, apesar da variante Delta do coronavírus ameaçar os planos, a retomada parece inevitável, disse o secretário de Turismo e Viagens do estado de São Paulo, Vinicius, Lummertz, em entrevista à CNN.

Lummertz afirmou que o setor está se recuperando em fases: a primeira acontece com o turismo de paulistas dentro do estado – segundo ele, o movimento rodoviário em São Paulo já é maior que o registrado em 2019, antes da pandemia de Covid-19. A segunda e terceira fases, que se ampliam em breve, dizem respeito ao turismo fora do estado de São Paulo e do Brasil, respectivamente.

“Há uma poupança bilionária de R$ 20 bilhões que deixamos de gastar em turismo de São Paulo para o resto do Brasil e outros R$ 20 bilhões com turismo internacional. Pelo menos R$ 15 bilhões dessa poupança serão gastos”, afirmou Lummertz.

A retomada depende da continuidade do processo de vacinação no estado de São Paulo e no resto do país, segundo o secretário. Ele disse que o turismo traz um “sentimento pós-guerra” e que São Paulo vai se preparar contra novas variantes com a fabricação própria de insumos para vacinas: “não podemos ser pegos de surpresa”.

Por enquanto, o turismo vai caminhando com as viagens de lazer. Já os eventos, que levam muita gente a São Paulo, demoram um pouco mais a retomar enquanto as empresas ainda estão cautelosas.

*Supervisionado por Elis Franco

Texto: Leonardo Guimarães

Mais Recentes da CNN