Reforma tributária: Após reunião com Guedes, Lira reafirma retomada de discussão

Segundo ele, foi entregue ao ministro um ofício endereçado ao relator da reforma com prazo máximo de até 3 de maio para a entrega do relatório

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) (19.fev.2021)
O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) (19.fev.2021) Foto: Reprodução/CNN

Ligia Tuon, do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

 

Após reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, reafirmou, em vídeo, a retomada da discussão sobre reforma tributária no Congresso.  

Segundo ele, numa demonstração clara de que os parlamentares vão voltar a analisar o assunto, entregou ao ministro um ofício endereçado ao relator da Comissão Mista da Reforma Tributária, deputado Aguinaldo Ribeiro, dando o prazo máximo de até 3 de maio para a entrega do relatório. 

 

“Não vamos discutir qual foi a conversa com o ministro, mas o que posso garantir é que vamos discutir a reforma pelo que nos une, pelo que nos é consensual com os líderes da casa, relator, Senado e os demais envolvidos, para que, ao longo dos próximos meses, possamos dar sequência às ações que vão dar segurança jurídica e tranquilidade fiscal para o Brasil”, disse.

Mais cedo, Lira havia usado as redes sociais para dizer que vai coordenar pessoalmente a elaboração do texto da reforma tributária e avaliou que as tanto a administrativa quanto a tributária podem ser votadas ainda este ano. 

“Temos o compromisso das duas Casas de votar este ano as duas reformas. Procurarei o ministro Paulo Guedes para falar sobre a reforma tributária”, escreveu. O parlamentar atribuiu a paralisação das tratativas das reformas ao recrudescimento da segunda onda da pandemia de Covid-19 no país.

 

Mais Recentes da CNN