Reino Unido: 27% dos vendedores de combustível estão sem produto, diz associação

Associação de Varejistas de Petróleo afirmou que espera que a situação melhore nas próximas 24 horas

Reino Unido tem enfrentado uma crise de distribuição de combustível
Reino Unido tem enfrentado uma crise de distribuição de combustível REUTERS/Andrew Boyers

Michael Holdenda Reuters

Ouvir notícia

A crise de abastecimento de combustível no Reino Unido, que fez com que as bombas secassem e enormes filas nos postos de gasolina fossem formadas, está diminuindo, com mais postos de abastecimento relatando entregas, disse um grupo da indústria nesta quarta-feira (29).

A Associação de Varejistas de Petróleo (PRA), que representa varejistas de combustível independentes que respondem por cerca de dois terços de todos os 8.380 postos de abastecimento britânicos, disse que apenas 27% dos membros relataram estar sem combustível e espera que a situação melhore ainda mais nas próximas 24 horas.

“No entanto, estamos extremamente desapontados em saber que muitos funcionários do pátio estão enfrentando um alto nível de abuso verbal e físico, o que é completamente inaceitável”, disse Gordon Balmer, Diretor Executivo da PRA.

“Os funcionários estão dando o melhor de si para gerenciar as filas e garantir que haja combustível suficiente para todos”.

Mais Recentes da CNN