Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Relatório deve ser votado na comissão até quinta-feira, diz relator da PEC dos Benefícios

    PEC que foi aprovada pelo Senado prevê o reconhecimento do estado de emergência em 2022 e libera R$ 41,25 bilhões em auxílios

    Da CNN

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    Em entrevista à CNN, neste domingo (3), o deputado Danilo Forte (União-CE), que será o relator da PEC dos Benefícios, antecipou que o relatório deve ser votado pela Comissão Especial até quinta-feira (7).

    A PEC foi aprovada pelo Senado, na última quinta-feira (30), prevê o reconhecimento do estado de emergência em 2022 e libera R$ 41,25 bilhões em auxílios.

    O deputado disse ainda que no início desta semana fará reuniões com líderes da oposição e do governo para discutir o texto.

    “Existem algumas demandas que estamos analisando sobre a necessidade, ou não, da decretação do estado emergencial… ou se a lei de teto de gastos tem espaço para suportar as demandas”.

    Além de ampliar o Auxílio Brasil para, ao menos, R$ 600 mensais e o vale-gás para cerca de R$ 120 a cada dois meses, o texto cria um auxílio de R$ 1 mil a caminhoneiros e um auxílio ainda sem valor definido a taxistas, essas medidas seriam válidas até 31 de dezembro deste ano.

    Como esperado, a matéria será anexada à outra proposta que já tramitava na Casa, a PEC dos Biocombustíveis. O objetivo é ganhar tempo e aprovar o texto mais rapidamente, sem necessidade de que o mesmo seja votada também em comissões parlamentares.

    Veja mais no vídeo acima.

    Mais Recentes da CNN