Renault cancela dividendos após prejuízo de 8,01 bilhões de euros em 2020

Em 2019, a empresa registrou perda muito menor, de 141 milhões de euros

Linha de montagem da Renault em São José dos Pinhais (PR) (02.AGO.2012)
Linha de montagem da Renault em São José dos Pinhais (PR) (02.AGO.2012) Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters

do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

 A Renault divulgou nesta sexta-feira (19), que teve prejuízo líquido de 8,01 bilhões de euros em 2020, em função do impacto da pandemia de Covid-19, o que levará a montadora francesa a propor cancelar o pagamento de dividendos referentes ao último ano durante sua reunião geral de acionistas. Em 2019, a empresa registrou perda muito menor, de 141 milhões de euros.

No ano passado, a parceira japonesa Nissan deu contribuição negativa de 4,97 bilhões de euros ao resultado da Renault. A receita da Renault em 2020 ficou em 43,47 bilhões de euros, ante 55,54 bilhões de euros no ano anterior.

 

Mais Recentes da CNN