Reserva para compra de ações da Eletrobras com FGTS começa nesta sexta-feira (3)

Valor mínimo para a aplicação é de R$ 200 por trabalhador, sendo possível utilizar até 50% do saldo disponível no fundo

Mecanismo de utilização do FGTS para investimentos foi criado em 2009
Mecanismo de utilização do FGTS para investimentos foi criado em 2009 04/02/2022REUTERS/Pilar Olivares

Pedro Zanattado CNN Brasil Business

em São Paulo

Ouvir notícia

A partir desta sexta-feira (3), os trabalhadores poderão utilizar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para reservar ações da Eletrobras que desejam comprar.

A reserva estará disponível até a próxima quarta-feira (8). O valor mínimo para a aplicação é de R$ 200 por trabalhador, sendo possível utilizar até 50% do saldo disponível na conta do FGTS.

A estatal passa por um processo de capitalização, em uma operação que deve movimentar cerca de R$ 35 bilhões.

O mecanismo de utilização do FGTS para investimentos foi criado em 2009 como uma possibilidade aos trabalhadores de investirem em novas aplicações, a partir de determinadas regras.

Ele foi disponibilizado, por exemplo, durante o processo de privatização da Petrobras e da Vale do Rio Doce, em que os trabalhadores com contas vinculadas ao FGTS puderam garantir ações dessas empresas.

Conheça detalhes da aplicação:

Existe risco?

Como toda aplicação em renda variável, as ações da Eletrobras contam com riscos, mas, segundo Gustavo Fabrício, sócio da RPS Capital, eles são mínimos.

O especialista explica que o risco se concentra na possibilidade de as mudanças na gestão da empresa não ocorrerem como espera o mercado.

A avaliação do especialista é de que, para o trabalhador que tenha valores disponíveis no fundo, vale a pena investir na empresa, visto que ela já paga dividendos que já estão acima do retorno anual do FGTS, de 3%.

Fabrício pontua que a Eletrobras é um dos poucos casos, atualmente, na bolsa com previsão de “mudanças para melhor e de trazer um retorno muito grande”.

Valor das ações na oferta

Na cotação atual, as ações da estatal estão custando, em média, R$ 42 na bolsa brasileira. Já o preço das ações na oferta será definido no dia 9 de junho.

Os preços serão definidos através de negociações entre a empresa, bancos e investidores institucionais. A pessoa física, neste caso, ficará de fora das discussões.

Tempo de investimento

O investimento com o FGTS terá um período mínimo de 12 meses. Dessa forma, aquele que comprar a ação poderá vender após um ano.

Com a venda, o saldo retorna para a conta do FGTS do trabalhador e estará sujeito às regras tradicionais de movimentação.

Como investir

O período de reserva para comprar as ações da Eletrobras com o FGTS tem início nesta sexta-feira (3) e ficará disponível até a próxima quarta-feira (8). Segundo a Caixa, a expectativa é de que sejam movimentados até R$ 6 bilhões pelos FMP-FGTS.

Para investir, os interessados devem consultar nos sites dos bancos e corretoras que são usuários a página de cadastro para realizarem as reservas. Ela varia de acordo com a instituição.

Também é possível que o trabalhador, através do aplicativo para celular do FGTS faça a escolha da instituição financeira que irá gerir seu investimento.

Com o fundo, o valor mínimo para a aplicação será de R$ 200, sendo possível utilizar até 50% do saldo disponível na conta.

Já para a pessoa física, a compra direta de ações, sem o uso do fundo, tem um valor mínimo de R$ 1.000, com teto de R$ 1 milhão.

A Eletrobras

A Eletrobras tem perto de 51 gigawatts (GW) em capacidade instalada de geração — equivalente a 29% do parque gerador do Brasil — e mais de 70 mil km de linhas de transmissão, ou 43,1% da rede nacional.

Um dos propósitos da capitalização é fazer com que a companhia tenha condições de aumentar seu nível de investimentos e se tornar mais competitiva no mercado.

Mais Recentes da CNN