Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Risco sempre tem”, diz Lira sobre chance de aumento do Auxílio Brasil em MP

    Segundo presidente da Câmara, Medida Provisória pode ser votada na próxima semana

    Legislativo precisa analisar a LDO até o dia 17 de julho, ou não pode entrar em recesso parlamentar
    Legislativo precisa analisar a LDO até o dia 17 de julho, ou não pode entrar em recesso parlamentar 02/02/2021REUTERS/Adriano Machado

    Ouvir notícia

    O presidente da Câmara dos Deputados, Artur Lira (PP-AL), reconheceu nesta terça-feira (19) que há possibilidade de aumento do valor do Auxílio Brasil durante a discussão de medida provisória na Casa sobre o tema.

    Editada ainda em 2021, a MP, que tem força de lei, possibilitou um benefício extraordinário que, somado ao Auxílio Brasil, confere aos inscritos um mínimo de 400 reais até o fim de 2022.

    “Risco sempre tem”, disse o deputado a jornalistas, acrescentando que ainda não houve reunião sobre esse assunto, mas que o tema será tratado com responsabilidade pelos pares.

    “Vai ser pautada normalmente”, disse, referindo-se à MP. “Acho que na próxima semana”, completou.

    A discussão da medida ocorre em um ambiente já contaminado pelo debate eleitoral e tem forte apelo popular em meio às dificuldades econômicas e à alta dos preços.

    Lira comentou ainda que já conversou com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e que ambos aguardam a indicação de membros para a composição da Comissão Mista de Orçamento (CMO). O colegiado, formado por deputados e senadores, é responsável pela análise de matérias como a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2023, já encaminhada ao Congresso.

    Pelas regras, o Legislativo precisa analisar a LDO até o dia 17 de julho, ou não pode entrar em recesso parlamentar.

    Mais Recentes da CNN