Rival da Tesla abre capital em mega negócio de US$ 24 bilhões

A Lucid, comandada por um ex-engenheiro da Tesla, é a companhia mais recente a atingir o mercado de oferta pública inicial

Foto: Divulgação/Lucid Motors

Reuters

Ouvir notícia

A fabricante de veículos de luxo Lucid Motors fez um acordo na segunda-feira (22) para abrir seu capital em uma fusão com a firma Churchil Capital IV Corp. O acordo fez com que a empresa combinada, rival da americana Tesla, fosse avaliada em um valor pró-forma de US$ 24 bilhões.

A Lucid, comandada por um ex-engenheiro da Tesla, é a companhia mais recente a atingir o mercado de oferta pública inicial, com investidores correndo para o setor de EV, estimulados pela ascensão da Tesla e pelo endurecimento das regulamentações de emissões de gases na Europa e em outros lugares.

 O acordo, cuja transação tem um valo de US$ 11,75 bilhões, inclui uma contribuição de US$ 2,1 bilhões da CCIV e um investimento PIPE (privado em capital público) de 2,5 bilhões, feito por outros investidores.

Outros concorrentes proeminentes no setor vieram a público por meio de fusões com as chamadas empresas de aquisição de propósito específico (SPACs, na sigla em inglês|), no ano passado. Embora alguns negócios como a Fisker tenham rendido bem, outros, como Nikola, desistiram de ganhos de curto prazo.

A Reiters foi a primeira agência de notícias a reportar que, na semana passada, Michael Klein havia lançado um esforço para apoiar os negócios com a Lucid.

As ações negociadas em bolsa da CCIV caíram quase um terço, para US$ 40,35 em negociações prolongadas, dando à empresa uma capitalização de mercado de cerca de US $ 64 bilhões. Em comparação, a General Motors Co vale cerca de US$ 76 bilhões.

A Lucid afirmou que “está no caminho para começar a produção e as entregas na América do Norte na segunda metade deste ano”, começando com o veículo Lucid Air, um sedan de luxo. Anteriormente, a empresa havia afirmado que começaria a entregar os carros na primavera de 2021 (outono no hemisfério Sul).

A companhia, que planeja construir veículos em sua fábrica no Arizona, quer entregar 20.000 carros em 2022 e 251.000 em 2026 ao adicionar novos modelos como um veículo elétrico e esportivo.

Com um preço inicial de US$ 77.400, o sedan deve ser o primeiro a atingir a marca de 806 km de autonomia.

Depois de a Lucid precificar o Sedan, o fundador da Tesla, Elon Musk, anunciou que iria cortar o preço do modelo sedan S. “O desafio foi lançado!”, ele tuitou.

A CCIV, que é apoiada pelo negociador de Wall Street e ex-banqueiro do Citigroup, Michael Klein, e novos investidores privados estão recebendo ações a preços diferentes, com os novos investidores privados pagando um prêmio.

O negócio com a CCIV inclui um investimento privado de US$ 2,5 bilhões do Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita, fundos administrados pela BlackRock, e outros.

Mais Recentes da CNN