Rodobens registra recorde de vendas em consórcios no 1º trimestre, alta de 52%

Balanço apontou um crescimento de 30% do setor de venda de consórcios no primeiro bimestre, atingindo 7,92 milhões de participantes ativos

Pessoas revisam contrato para compra de imóvel
Pessoas revisam contrato para compra de imóvel Foto: Sukanya Sitthikongsak / Getty Images

Luísa Laval, da Agência Estado

Ouvir notícia

 

A Rodobens fechou o primeiro trimestre de 2021 com um recorde de vendas de consórcios, atingindo alta de 52% em relação ao mesmo período de 2020. Segundo a companhia, o indicador é um novo recorde, pois no ano passado havia registrado um resultado 14% acima do esperado no fechamento do segundo semestre.

Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac), o segmento teve bons resultados, com um balanço que apontou um crescimento de 30% do setor no primeiro bimestre, atingindo 7,92 milhões de participantes ativos.

 

De acordo com Sebastião Cirelli, Diretor de Consórcio da Rodobens, o crescimento tem relação com uma mudança de comportamento do consumidor durante a pandemia e com o aumento do tíquete médio.

“Com as pessoas trabalhando em home office, elas passaram a ter menos gastos e, com isso, começaram a procurar por investimentos a longo prazo que consideram mais seguros. O consórcio continua sendo uma boa opção, principalmente para quem precisa de disciplina para guardar dinheiro”, explicou o diretor.

O volume de vendas da Rodobens envolve o segmento de imóveis, que corresponde a 48% do faturamento, seguido por veículos pesados (29%) e veículos leves (22%), enquanto outros produtos correspondem a 1%.

Entre as regiões que se destacam nas vendas está o Sudeste, principalmente no estado de São Paulo, com 27% das vendas.

Tópicos

Mais Recentes da CNN