Rolls-Royce planeja captar cerca de US$ 3,2 bilhões com investidores, diz jornal

Fabricante de motores aeronáuticos planeja fazer aumento de capital nas primeiras semanas de outubro, afirma reportagem do Financial Times

Homem observa motor da Rolls Royce
Homem observa motor da Rolls Royce Foto: Edgar Su/Reuters

Maria Ponnezhath,

da Reuters

Ouvir notícia

A britânica Rolls-Royce quer levantar aproximadamente 2,5 bilhões de libras (US$ 3,2 bilhões) de investidores e está conversando com fundos soberanos, incluindo o GIC de Cingapura, afirmou o Financial Times neste sábado (19).

A fabricante de motores aeronáuticos planeja lançar o aumento de capital nas primeiras semanas de outubro, afirma a reportagem.

Um representante da Rolls-Royce se recusou a comentar a matéria do FT, e a GIC não respondeu imediatamente ao pedido da Reuters por um comentário.

Leia também:
Virgin revela avião com Rolls-Royce que voará a 3 vezes a velocidade do som
Com queda na demanda, Rolls-Royce planeja cortar 9 mil empregos

A empresa tem analisado opções de financiamento nos últimos meses, incluindo dívidas e patrimônio, para impulsionar seu balanço, que sofreu um golpe pelas restrições de viagem causadas pela pandemia de Covid-19.

A Rolls-Royce cortou pelo menos 9 mil empregos em maio, a maioria na aviação civil, devido à queda nas viagens aéreas.

Também anunciou, no último mês, planos de vender sua unidade espanhola ITP Aero e outros ativos, na tentativa de levantar pelo menos 2 bilhões de libras (2,6 bilhões de dólares).

Em julho, o grupo estimou saída de 1 bilhão de libras no segundo semestre, após queimar 3 bilhões de libras no primeiro semestre.

Mais Recentes da CNN