Saiba como consultar o valor com reajuste da aposentadoria e da pensão do INSS

Segurado poderá verificar o novo valor do benefício previdenciário no extrato de pagamentos no site ou aplicativo Meu INSS

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Thâmara Kaoru, do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

Os aposentados e pensionistas do INSS começaram a receber o benefício com reajuste, mas quem ainda não teve o dinheiro depositado na conta ou não viu como ficou o valor depois do aumento pode entrar no site ou aplicativo Meu INSS para fazer a consulta.

Para o primeiro acesso, é preciso fazer um cadastro. Será necessário informar dados pessoais e responder questões relacionados ao histórico de trabalho, como em qual ano trabalhou em determinada empresa, quando foi a última vez que contribuiu ao INSS e faixa de salário, por exemplo. Quem já cadastrou uma senha precisa apenas informá-la ao entrar no site ou aplicativo.

O segurado poderá verificar o novo valor da aposentadoria ou da pensão no extrato de pagamento.

Veja como fazer a consulta

1) Entre no site Meu INSS ou aplicativo (disponível para Android e iOS). Se for o primeiro acesso, clique em “Cadastrar senha” e siga as instruções. Se já possui senha, clique em “Entrar”

Meu INSS
Foto: Reprodução/Meu INSS 

2) Informe o CPF e a senha cadastrada. Depois, vá em “Entrar”

INSS
Foto: Reprodução/Meu INSS

3) Na página inicial, escolha “Extrato de Pagamento”

 

INSS
Foto: Reprodução/Meu INSS

4) O sistema mostrará quanto o segurado irá receber e qual a data do depósito. Se quiser, é possível baixar o PDF ou clicar no valor para saber mais detalhes do pagamento e se houve descontos, como de Imposto de Renda ou empréstimo consignado, por exemplo.

Meu INSS
Foto: Reprodução/Meu INSS

Entenda o reajuste

Quem ganha acima do salário mínimo teve um aumento de 5,45%, igual ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado de 2020. Se começou a receber o benefício a partir de fevereiro do ano passado, o índice de reajuste vai variar conforme o mês de início da concessão. 

Os segurados que ganham um salário mínimo terão um aumento de 5,26%, seguindo o reajuste do piso nacional, que passou de R$ 1.045 para R$ 1.100 neste ano.

Datas dos pagamentos 

A data do pagamento depende do valor que o segurado recebe e qual é o final do número do benefício, sem considerar o dígito.

Quem ganha aposentadoria, pensão ou auxílio de até um salário mínimo, por exemplo, começou a receber os novos valores em 25 de janeiro. Os pagamentos seguem até sexta-feira (5).

Quem ganham mais do que o o salário mínimo começou a reajuste na última segunda-feira (1º), e os pagamentos também seguem até sexta-feira (5).

Veja os calendários

O número final do benefício não considera o dígito. Por exemplo, se o número é 123.456.789 – 0, desconsidere o 0 (dígito). O número final é 9. As datas também são separadas entre quem recebe até um salário mínimo e quem ganha mais do que isso. 

 

 

Mais Recentes da CNN