Sephora desmente boatos sobre fechamento de lojas e doação de produtos

Mensagens que circulam na internet sobre o fechamento das lojas da Sephora no Brasil e no mundo não passam de fake news

Foto: Divulgação

Washington Luiz, colaboração para o CNN Brasil Business

Ouvir notícia

Mensagens que circulam na internet sobre o fechamento das lojas da Sephora no Brasil e no mundo não passam de fake news. Publicações em sites e redes sociais afirmavam que a multinacional iria encerrar as atividades e doar os produtos a clientes cadastrados. Para recebê-los, seria necessário pagar apenas o frete. A empresa, no entanto, divulgou uma nota na qual desmente os boatos.

“É infundada a informação de que a operação dos pontos de venda físicos da marca no Brasil e no mundo será encerrada. Fomos surpreendidos por anúncios que indicam o fechamento de lojas e oferecem produtos gratuitos para o público, em uma iniciativa intitulada ‘Sephora Skincare Giveaway'”, diz a empresa, em nota. 

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa da Sephora, “o desempenho das lojas e studios da marca tem se demonstrado satisfatório, mesmo diante da pandemia, e continuaremos a oferecer nossos serviços, aliados às melhores práticas, para todos os nossos clientes”. 

Presente no Brasil desde 2010, a Sephora é considerada uma das maiores redes de produtos de beleza do mundo. A empresa foi fundada na França por Dominique Mandonnaud, em 1970, e adquirida em 1997 pela LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton, conglomerado especializado em artigos de luxo. 

Mais Recentes da CNN