Sites de auxílio, melhores horários e segurança: veja dicas para a Black Friday

Comparar preços, checar valor histórico do produto e não informar dados de pagamento em sites inseguros são algumas das sugestões

Priscila YazbekThais Herédiada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

A Black Friday — semana de descontos — acontece nesta sexta-feira (26). A data é uma das mais importantes para o comércio e, também, uma das mais esperadas pelos consumidores.

A CNN reuniu algumas dicas para ajudar o brasileiro a aproveitar melhor os descontos.

Existem portais na internet que auxiliam a comparar preços e na checar o valor histórico do produto. São eles:

  • Black Friday (site oficial)
  • Buscapé
  • Bondfaro
  • Já Cotei
  • Promobit
  • Zoom

Na sexta-feira, o site oficial do evento vai mostrar os dez melhores descontos do dia e já é possível se cadastrar para receber as ofertas.

No Buscapé, é possível saber se o produto está acima ou abaixo do preço histórico. Já o Promobit possibilita encontrar os menores preços.

Os melhores horários para comprar:

Segurança

As empresas têm buscado cada vez mais segurança, mas os consumidores precisam estar atentos. Aceitar os termos de um site que não é verificado pode ser um descuido.

É preciso ter cuidado com sites sem certificado ou verificação. Além disso, todos os sites precisam informar qual é o seu sistema de segurança.

Um dos grandes problemas está na hora de finalizar a compra, quando é preciso preencher cadastros com dados pessoais.

Informar a conta bancária e o cartão de crédito não é recomendado em sites que não tenham certificação ou segurança. Alguns sites surgem somente no período da Black Friday e é preciso priorizar os que oferecem meios de pagamento que não expõe o cliente.

Mais Recentes da CNN