Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Spotify prevê trimestre fraco, com diminuição do crescimento de assinantes

    A Apple também lançou uma plataforma de assinatura paga, apresentando dura concorrência para as ambições do Spotify com podcasts

    Logo do Spotify em Nova York
    Logo do Spotify em Nova York Foto: Lucas Jackson/Reuters

    Supantha Mukherjee, da Reuters

    Ouvir notícia

    O Spotify previu nesta quarta-feira (28) que o trimestre atual tenha assinantes abaixo das estimativas de Wall Street, após resultados do primeiro trimestre superarem as expectativas – impulsionados pelo crescimento no Estados Unidos e na Índia.

    Embora o Spotify tenha tido aumento considerável no número de assinantes durante a pandemia, já que as pessoas ficaram em casa devido aos lockdowns, ele enfrenta a concorrência crescente da Apple Music, Amazon Music e vários outros rivais menores.

    A Apple também lançou uma plataforma de assinatura paga, apresentando dura concorrência para as ambições do Spotify com podcasts, área em que o streaming tem investido bastante. 

    A gama de podcast do Spotify agora tem milhões de títulos, incluindo “Renegades: Born in the USA”, apresentado pelo ex-presidente dos EUA Barack Obama e pelo cantor Bruce Springsteen.

    A empresa espera um total de assinantes premium na faixa de 162 milhões a 166 milhões neste segundo trimestre. A previsão dos analistas é de 166,1 milhões, segundo o IBES da Refinitiv.

    A previsão do Spotify é de receita total entre 2,16 e 2,36 bilhões de euros de abril a junho. Os analistas esperavam receita de 2,27 bilhões de euros.

    O Spotify, que tinha serviços em 86 novos países no primeiro trimestre, disse que o crescimento nos Estados Unidos, México, Rússia e Índia compensou o crescimento abaixo do esperado na América Latina e Europa.

    Os assinantes premium, que correspondem à maior parte da receita da empresa, subiram 21% em 12 meses, para 158 milhões. Os analistas esperavam, em média, que a empresa tivesse 157,5 milhões de assinantes pagos, segundo dados IBES da Refinitiv.

    A receita subiu para 2,15 bilhões de euros no trimestre, ante 1,85 bilhão de euros um ano antes, superando a previsão de consenso de 2,14 bilhões de euros. O total de usuários ativos mensais aumentou 24%, para 356 milhões.

    Tópicos

    Tópicos

    Mais Recentes da CNN