TCU quer auditoria mensal no pagamento do auxílio emergencial

Auxílio emergencial paga R$ 600 por mês a trabalhadores informais, beneficiários do Bolsa Família e outras pessoas em situação de vulnerabilidade

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O Tribunal de Contas da União (TCU) quer uma auditoria mensal do pagamento do auxílio emergencial – medida que visa reduzir os impactos da crise da pandemia do novo coronavírus e que deve ser estendida até dezembro. A apuração é da âncora da CNN Daniela Lima.

Assista e leia também:

TCU identifica R$ 42 bilhões em pagamentos indevidos do auxílio emergencial

A área técnica do TCU, conforme revelou a coluna da analista de economia da CNN Raquel Landim, identificou que 9,6% dos mais de 60 milhões de beneficiários do auxilio emergencial possam ter sido incluídos indevidamente no programa. A estimativa é um desperdício de R$ 42 bilhões.

O tema está sendo votado nesta quarta-feira (26) pelo TCU. A depender do resultado, o governo pode ser forçado a melhorar os filtros do auxílio emergencial antes de sua prorrogação até dezembro. 

O auxílio emergencial paga R$ 600 por mês a trabalhadores informais, beneficiários do Bolsa Família e outras pessoas em situação de vulnerabilidade.

 

Mais Recentes da CNN