Telefônica Brasil vende CyberCo para controlada da matriz por R$ 116,4 milhões

A transação assegura a continuidade de prestação de serviços de cibersegurança da Telefônica Brasil a empresas

Prédio com logo da Telefônica
Prédio com logo da Telefônica Foto: Juan Medina/Reuters

Paula Arend Laier,

da Reuters

Ouvir notícia

O conselho de administração da Telefônica Brasil aprovou a venda da CyberCo Brasil para a Telefónica Cybersecurity Tech (TTech), controlada indireta da matriz Telefónica, por R$ 116,4 milhões, informou a empresa nesta terça-feira.

“A operação permitirá que a companhia, como distribuidor exclusivo da Cyberco Brasil, se fortaleça no mercado de cibersegurança através da ampliação de seu portfólio de produtos e serviços”, afirmou a Telefônica Brasil, citando ainda efeito da escala global do parceiro dedicado a tais atividades.

Leia também:
Receita cai, mas lucro da Telefônica sobe 25% no 3º tri com redução de custos
Pix pode ajudar na redução de custos para empresas; entenda

A transação assegura também a continuidade de prestação de serviços de cibersegurança da Telefônica Brasil a empresas.

A dona da Vivo fechou o terceiro trimestre de 2020 com lucro líquido de R$ 1,212 bilhão, o que representa uma alta de 25,5% em relação ao mesmo período de 2019, de acordo com balanço publicado nesta terça-feira, 27. No acumulado do ano o lucro chegou a R$ 3,478 bilhões, baixa de 6,7% ante o mesmo período do ano passado.

Em sua apresentação de resultados, a operadora de telecomunicações explicou que o avanço do lucro é decorrência da queda nas suas despesas com juros e com impostos. Também houve corte de custos nas operações por meio das iniciativas de digitalização do atendimento. Esses fatores compensaram a menor atividade comercial em meio à crise econômica provocada pela pandemia.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

 

 

Tópicos

Mais Recentes da CNN