Temos que saber operar sob a ameaça da Covid-19, diz presidente da Abrasce

Em meio à pandemia de Covid-19, 99 shopping centers em 54 cidades brasileiras voltaram a funcionar

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Em meio à quarentena para conter o avanço do novo coronavírus no país, 99 shoppings centers em 54 cidades reabriram as portas. Em entrevista à CNN nesta quarta-feira (20), Glauco Humai, presidente da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), disse que até a produção de uma vacina contra a Covid-19, “temos que aprender a conviver e a operar sob a ameaça do vírus” e que, por isso, “os shoppings entraram em um novo normal”.

Segundo ele, os estabelecimentos que foram reabertos têm operado com horário restrito, entre meio-dia e 20h, e uma série de medidas de higienização, sanitização e afastamento social entre funcionários e consumidores foram tomadas.

“Isso garante uma operação com segurança. Durante o período de quarentena, estudamos o que foi feito no exterior, consultamos especialistas da área de saúde no Brasil e construímos um protocolo robusto”, disse Humai. 

Humai também contou que tem conversado com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e sua equipe, e afirmou que não tem pressionado pela reabertura dos shoppings centers no estado.

          Leia também:

          SP conversa com comércio para reabrir economia em fases a partir de 1º de junho

          Porto Alegre libera comércio e serviços com até 50% da capacidade de ocupação

“Temos comunicado o governo com dados, práticas e informações para que ele tome a decisão de quando é o melhor momento para abrir”, disse. “Mas entendemos que, por São Paulo ser tão grande e ter realidades tão diferentes, é possível reabrir em alguns municípios com uma operação segura.”

Impacto ‘avassalador’ 

A perda do setor por conta da pandemia está sendo bilionária. De acordo com Humai, os shoppings deixaram de faturar R$ 25 bilhões, fora o investimento de mais de R$ 2 bilhões que fizeram aos lojistas para mantê-los abertos neste momento.

“Cerca de 20% de lojistas de shoppings, em um universo de mais de 100 mil, fecharam ou pretendem fechar as portas nos próximos 30 dias. Dezesseis inaugurações de shoppings foram suspensas. O impacto é avassalador”, afirmou.

 

 

Mais Recentes da CNN