Tupy: o melhor para as ações da empresa ainda está por vir, diz BTG

Mesmo com as ações da empresa terem subido 9,7% nesta quinta-feira (30), o BTG acredita que ainda é possível ter uma alta de 20% nos próximos doze meses

Fundição: ação da Tupy pode ter uma alta de 20% em doze meses
Fundição: ação da Tupy pode ter uma alta de 20% em doze meses Foto: Francisco Fernandes/Unsplash

André Jankavski,

do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

O pior já passou para a fundição Tupy (TUPY3) e, agora, a empresa deve ser um fornecedor de boas notícias, e produtos feitos de ferro para o setor automotivo, é claro. Essa é a visão do banco BTG Pactual para os próximos meses da empresa. E mesmo com as ações da empresa terem subido 9,7% nesta quinta-feira (30), o BTG acredita que ainda é possível ter uma alta de 20% nos próximos doze meses.

Depois de um segundo trimestre sofrível, a empresa deve registrar uma recuperação das vendas forte no terceiro trimestre. A empresa produz itens como motoroes, cabeçotes, volantes e sistemas de freios, entre outros.

Leia também:
Raia Drogasil (também) anuncia marketplace de saúde e ações disparam
Fleury investe em tecnologia para ser ‘marketplace de saúde’

Para se ter uma ideia, os volumes em abril e maio caíram 69% em comparação com o mesmo período do ano passado. Mas as coisas estão mudando, segundo a companhia.

São três pontos principais que justificam o otimismo do BTG: recuperação no mercado americano de veículos, especialmente relacionados ao agronegócio; os veículos comerciais começam a mostrar uma recuperação, mesmo que lenta; e o setor de construção americano começa a também ter resultados satisfatórios.

Outro fator que o BTG acredita que seja importante é a pouca exposição da Tupy para veículos leves. Isso porque, com a revolução da energia limpa que começa a ganhar corpo no mundo, a Tupy sofrerá menos. Isso porque os veículos grandes, como ônibus e caminhões, são os principais mercados da Tupy.

Para completar, a empresa também deve se beneficiar do real fraco frente ao dólar. Com alguns analistas acreditando que a moeda americana pode valer R$ 6, isso soa como música para a gestão da fundição, que tem boa parte de suas receitas vindas de exportação.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN