Uber busca atrair investidores com compartilhamento de carros e algoritmo melhor

Desde que a companhia abriu seu capital em 2019, suas ações estão em uma montanha-russa, tendo caído quase à metade no início da pandemia

Logo da Uber Technologies em veículo em Nova York, EUA
Logo da Uber Technologies em veículo em Nova York, EUA 17/11/2021REUTERS/Andrew Kelly

Por Tina Bellon, da Reuters

Ouvir notícia

A Uber Technologies delineará sua estratégia de crescimento e de novas oportunidades de negócios quando realizar seu primeiro dia do investidor como empresa pública nesta quinta-feira (10), depois de ter antecipado notícias sobre uma rede global de compartilhamento de carros e algoritmos aprimorados para conter custos.

Executivos da empresa durante uma teleconferência de resultados do quarto trimestre na quarta-feira (8) disseram que darão mais detalhes sobre como a Uber planeja fundir suas duas plataformas –de transporte de pessoas e de entrega de comida– em um marketplace Uber único que gere economia de custos.

Desde que a Uber abriu seu capital, em maio de 2019, as ações da empresa estão em uma montanha-russa, tendo caído quase à metade no início da pandemia, nos primeiros meses de 2020, quando os negócios de transportes de passageiros da empresa sofreram uma parada súbita.

A Uber está dizendo aos investidores que deu a volta por cima e está preparada para crescimento e lucratividade de longo prazo à medida que as restrições da pandemia diminuem em muitos de seus principais mercados, mas suas ações continuam pairando aproximadamente no mesmo nível de quando foram listadas pela primeira vez.

O presidente-executivo da Uber, Dara Khosrowshahi disse que uma melhor combinação de seus negócios de transporte e entrega reduzirá os custos de aquisição de clientes –uma métrica que os investidores acompanham de perto em um mercado onde as empresas competem há muito tempo superando umas às outras com descontos e incentivos a clientes custosos.

A empresa também está aprimorando seu algoritmo para assegurar que mais trabalhadores se inscrevam nos serviços de transporte e entrega, disse Khosrowshahi, acrescentando que isso melhorará o despacho de motoristas e permitirá maior utilização de cada trabalhador.

O presidente-executivo também prometeu uma atualização sobre outras novas oportunidades de negócios, incluindo uma rede global de aluguel de carros no modelo peer-to-peer. A Uber adquiriu no mês passado a empresa australiana de compartilhamento de carros Car Next Door e Khosrowshahi disse que planeja expandir a pegada de compartilhamento de carros.

Mais Recentes da CNN