Uber compra Postmates em acordo de US$ 2,65 bilhões

Negócio visa expandir alcance da empresa no setor de serviços de entregas de comida

Uber ofereceu prêmio de cerca de 10% sobre a última avaliação de US$ 2,4 bilhões da Postmates
Uber ofereceu prêmio de cerca de 10% sobre a última avaliação de US$ 2,4 bilhões da Postmates foto-brendan-mcdermid-reuters

Subrat Patnaik,

da Reuters

Ouvir notícia

A Uber Technologies fez nesta segunda-feira (6) uma oferta para comprar a Postmates em um acordo de US$ 2,65 bilhões buscando expandir seu alcance no setor de serviços de entregas de comida, conforme mais pessoas fazem pedidos de suas casas em meio à pandemia de coronavírus.

A Uber, pressionada por seus principais negócios de transporte em todo o mundo, ofereceu um prêmio de cerca de 10% sobre a última avaliação de US$ 2,4 bilhões da Postmates.

Atualmente, a Uber estima que irá emitir cerca de 84 milhões de ações ordinárias por 100% do patrimônio diluído da Postmates, informou a empresa em comunicado.

Os conselhos de ambas as empresas aprovaram a transação e os acionistas, que possuem a maioria das ações em circulação da Postmates, se comprometeram a apoiar o acordo, acrescentou.

Leia também:
Uber tem prejuízo de US$ 2,9 bilhões, mas receita sobe com entrega de comida

Fundada em 2011, a Postmates respondeu por 8% do mercado de entrega de refeições nos EUA em maio, com seu maior rival DoorDash liderando com uma participação de mercado de 44%, segundo a empresa de análise Second Measure.

A Postmates em setembro captou US$ 225 milhões em uma rodada privada de investimento. A rival Doordash captou US$ 400 milhões de investidores privados, com uma avaliação de US$ 16 bilhões em junho.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Tópicos

Mais Recentes da CNN