United Airlines vê salto em voos internacionais após fim de testagem para Covid

Analistas esperam que a mudança seja um "catalisador" para viagens internacionais

Avião da United Airlines: Os EUA rescindiram na sexta-feira a regra imposta em janeiro de 2021
Avião da United Airlines: Os EUA rescindiram na sexta-feira a regra imposta em janeiro de 2021 Divulgação/Instagram

Por Rajesh Kumar Singh, da Reuters

Ouvir notícia

A United Airlines está registrando crescimento na demanda por viagens internacionais depois que os Estados Unidos encerraram a exigência de teste negativo de Covid-19 para quem chega ao país por transporte aéreo.

As companhias aéreas estavam pressionando a Casa Branca para encerrar a medida, argumentando que a exigência impedia uma recuperação em larga escala do setor.

Os EUA rescindiram na sexta-feira a regra imposta em janeiro de 2021.

Analistas esperam que a mudança seja um “catalisador” para viagens internacionais.

A United Airlines, que tem a maior exposição ao tráfego internacional entre as principais operadoras do setor nos EUA, disse ter registrado mais de 2,4 milhões de buscas por viagens internacionais nas últimas 72 horas, um aumento de 7% em relação à semana anterior.

Cerca de 1,5 milhão das buscas envolveram viagens dos Estados Unidos para destinos internacionais que incluem Europa, México e Caribe, disse a companhia aérea.

As companhias aéreas dos EUA estão desfrutando de um dos trimestres mais fortes na história recente do setor, impulsionadas pela crescente por viagens.

Todas as principais operadoras elevaram projeções de receita para o trimestre atual, apesar da redução de capacidade.

Apostando na demanda reprimida, a United aumentou seu serviço transatlântico e está lançando ou retomando 30 voos neste verão no Hemisfério Norte.

Mais Recentes da CNN