Loft investe R$ 50 milhões em plataforma de aluguel de imóveis Uotel

Site, que faz aluguéis para períodos de curta ou longa duração, também mudou de nome para Nomah

Anúncio de imóvel
Anúncio de imóvel Foto: Loft/Facebook

Aluísio Alves, da Reuters

Ouvir notícia

A plataforma de aluguel de imóveis por conveniência Uotel anunciou nesta quarta-feira que recebeu um aporte de R$ 50 milhões da plataforma de reforma e revenda de apartamentos Loft, e que mudou seu nome para Nomah.

Segundo a companhia, os recursos serão usados nos próximos três anos em tecnologia e expansão. Criada em 2016, a Nomah usa parcerias para gestão de apartamentos, que são alugados para períodos de curta ou longa duração. É uma alternativa a hospedagens como a oferecida pela plataforma Airbnb.

A gestão dos imóveis, hoje todos na capital paulista, é feita pela Homah por meio de parcerias e a renda do negócio é oferecida como opção de renda para investidores institucionais.

Segundo Thomaz Guz, presidente e cofundador da startup, a procura por aluguéis mais flexíveis cresceu durante a pandemia da Covid-19, impulsionado pelo aumento do trabalho remoto.

Desde então, a média de estadia curta dos usuários da Nomah passou de 2 para 4 a 5 dias. E neste ano, a startup notou também alta de 300% de janeiro para fevereiro na locação para estadias mais longas, que podem se estender por meses, e incluir serviços adicionais.

Mais Recentes da CNN