Vendas de motos sobem 4,5% em janeiro, diz Fenabrave

Foram vendidas 89,7 mil motocicletas novas no primeiro mês do ano; em relação à dezembro, houve queda de 20,2%

Líder com folga nesse mercado, a Honda respondeu por 75,2% de todas as motos vendidas no Brasil no mês passado. Vice-líder, a Yamaha ficou com 18,9%.
Líder com folga nesse mercado, a Honda respondeu por 75,2% de todas as motos vendidas no Brasil no mês passado. Vice-líder, a Yamaha ficou com 18,9%. Harley-Davidson/ Unsplash

Eduardo Laguna, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

As vendas de motos cresceram 4,5% em janeiro na comparação com o mesmo período do ano passado, chegando a 89,7 mil unidades.

Em relação à dezembro, houve queda de 20,2% no mercado de motocicletas novas, informou nesta quarta-feira a Fenabrave, associação que representa as concessionárias.

Ao comentar o resultado, o presidente da Fenabrave, José Maurício Andreta Júnior, observou que a demanda segue aquecida no segmento de duas rodas, mas os baixos níveis de estoque nas concessionárias e o encarecimento do crédito são “desafios a serem superados”.

“As vendas estão estabilizadas em um bom nível, mas a dificuldade de crédito e da normalização da produção são questões para as quais estamos atentos”, afirmou Andreta Júnior.

Líder com folga nesse mercado, a Honda respondeu por 75,2% de todas as motos vendidas no Brasil no mês passado. Vice-líder, a Yamaha ficou com 18,9%.

Mais Recentes da CNN