Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Vendas de videogames impulsionam resultados da Sony e lucro cai apenas 1,1% 

    A área de videogames da Sony "viu um impacto positivo dos consumidores atingidos por medidas de isolamento social"

    Makiko Yamazaki, da Reuters

    Ouvir notícia

    Estande da Sony PlayStation na GDC Game Developers Conference 2019

    Estande da Sony PlayStation na GDC Game Developers Conference 2019 em 20 de março de 2019 em San Francisco, Califórnia

    Foto: Justin Sullivan/Getty Images

    A Sony surpreendeu o mercado nesta terça-feira ao reportar uma queda de apenas 1,1% no lucro do primeiro trimestre fiscal, e mostrando que a unidade de videogames teve crescimento acelerado ajudado pelas medidas de quarentena.

    A área de videogames da Sony “viu um impacto positivo dos consumidores atingidos por medidas de isolamento social”, disse o vice-presidente financeiro, Hiroki Totoki.

    Leia também:
    Vendas de carros novos sobem 33% em julho e reforçam retomada do setor
    Safra de IPOs em risco? You Inc. cancela oferta e cita baixa demanda

    A Sony teve lucro de abril a junho de 228,4 bilhões de ienes (US$ 2,15 bilhões), superando expectativa média de 143,21 bilhões de ienes compilada pela Refinitiv junto a 10 analistas do setor.

    A Sony previu que o lucro da área de videogames suba para 240 bilhões de ienes neste ano fiscal, impulsionado por um forte aumento nas vendas de jogos e em conjunto com o lançamento do console PlayStation 5, no final de 2020.

    A empresa também previu que o lucro caia 26,7%, para 620 bilhões de ienes, no ano fiscal que se encerra em março de 2021, o menor resultado positivo em quatro anos, mas melhor do que uma queda de pelo menos 30% estimada em maio.

    A companhia espera que todos os outros segmentos tenham lucros menores, incluindo uma queda de 45%, para 130 bilhões de ienes, em seus negócios de sensores de imagem.

    A Sony, que fornece sensores de câmeras para fabricantes de smartphones, incluindo Apple e Huawei, vai cortar 50 bilhões de ienes de seu plano de investimentos de três anos no segmento, para 650 bilhões de ienes, disse Totoki.

    A empresa de pesquisa de mercado IDC estima que o mercado mundial de smartphones caia 12% em 2020.

    Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

    Tópicos

    Mais Recentes da CNN