Vitória de Biden gera onda de otimismo e bolsas globais sobem

Há perspectiva de um governo menos agressivo em termos comerciais, o que deve amenizar a relação com a China e favorecer o comércio exterior

Capa do podcast Abertura de Mercado
Capa do podcast Abertura de Mercado Foto: CNN Brasil

Fernando Nakagawada CNN

Ouvir notícia

As bolsas de valores da Ásia fecharam o dia em firme tendência de alta e os mercados europeus começaram a semana também com firme valorização. O mercado parece otimista com a perspectiva de que Biden no governo representa o início de um período de mais estabilidade econômica nos EUA e no restante do mundo.

No episódio de hoje:

– Aos 77 anos, Joe Biden será o 46º presidente dos EUA, a maior economia do mundo, após derrotar o atual presidente, o republicano Donald Trump;
– “É hora de colocar de lado a retórica dura, baixar a temperatura, nos vermos novamente, nos ouvirmos novamente e, para progredir, temos que parar de tratar nossos oponentes como nossos inimigos. Eles não são nossos inimigos. Eles são americanos”, disse;
– Segundo presidente católico da história do país, biden disse que a Bíblia cita que para tudo existe um tempo, e agora seria o tempo de curar a América;
– Para isso, promete restaurar a alma do país com a reconstrução da classe média, que foi classificada pelo presidente eleito como a espinha dorsal da vida norte-americana;
– As urnas também fizeram história com a eleição de Kamala Harris, que tem mãe indiana e pai jamaicano;
– Ela será a primeira vice-presidente mulher da história dos EUA;
– Em discurso, disse que os americanos escolheram a esperança, decência e a ciência nas urnas;
– Por outro lado, Donald Trump manteve no fim de semana o discurso de que a eleição teria sido roubada e que vai à Justiça, mas ele ainda não apresentou provas;
– Até o fim da madrugada desta segunda-feira, quase 48 horas depois da vitória, ele ainda não havia reconhecido a derrota;
– Com a vitória de Biden, economistas esperam mudanças de rumo na economia norte-americana;
– Entre as perspectivas, algumas são quase consenso como a forte aposta de Biden em energias limpas;
– O mercado financeiro também aposta que os impostos para empresas e pessoas físicas devem subir com o governo democrata;
– Mas esse plano tende a ser comedido porque o partido democrata não conseguiu uma ampla vantagem no Senado, como muitos previam;
– Sem maioria no Senado, vai ser mais difícil aprovar medidas como o aumento de impostos ou novas regras muito duras contra as gigantes de tecnologia, as big techs;
– O banco Société Générale avalia que um presidente democrata que não controla o senado será menos combativo nas políticas comerciais e talvez não gere tanta preocupação no lado dos gastos públicos;
– Mesmo assim, um novo pacote de ajuda financeira à economia deve passar nas próximas semanas;
– A consultoria Oxford Economics prevê a aprovação um pacote de pelo menos US$ 1 trilhão até o fim do ano;
– Com isso, as bolsas de valores da Ásia fecharam o dia em firme tendência de alta e os mercados europeus começaram a semana também com firme valorização;
– O mercado parece otimista com a perspectiva de que Biden no governo representa o início de um período de mais estabilidade econômica nos EUA e no restante do mundo;
– Há perspectiva de um governo menos agressivo em termos comerciais, o que deve amenizar a relação com a China e favorecer o comércio exterior;
– Presidente do banco JP Morgan Chase, Jamie Dimon disse que agora é a hora da unidade e que o resultado das eleições deve ser respeitado;
– Já o presidente da Câmara de Comércio dos Estados Unidos, Thomas Donohue, disse que o setor está pronto para trabalhar com Biden e os líderes de ambos partidos para “restaurar a saúde pública, revitalizar a economia e ajudar a reconstruir vidas e comunidades”;
– As atuações do Banco Central no mercado de câmbio foram tema de uma certa confusão na sexta-feira; 
– Em um debate promovido pelo Itaú, o diretor de Política Econômica do BC, Fabio Kanczuk, disse que tem monitorado “super bem” o mercado de câmbio, e citou como exemplo a expectativa de movimento mais acentuado no fim do ano;
– Esse movimento poderia ser gerado por ajustes da posição dos bancos na virada de 2020 para 2021;
– Aspas para Kanczuk “o mercado precisa ser espesso, grosso o suficiente para aguentar um fluxo muito grande que vai acontecer no finalzinho do ano, e o BC está pensando em alternativas de como não deixar que esse fluxo seja disruptivo;
– As frases do diretor ajudaram a acentuar a tendência do dólar que fechou a sexta-feira em forte queda de 2,74%, a R$ 5,39;
– Já com o mercado fechado, no início da noite de sexta-feira, o BC divulgou uma nota dizendo que decisões de atuação ocorrem diante de disfuncionalidades de mercado e são tomadas de forma fundamentada;
– No texto, o Banco Central reiterou que não antecipa eventuais decisões sobre intervenção, rejeitando quaisquer interpretações neste sentido;
– A Embraer anunciou que quem comprar um jatinho executivo modelo Phenom 300E vai ganhar um Porsche 911 Turbo S;
– O chamado “duet” vai oferecer o jato e o carro customizados com o mesmo design e cores. Virão nas cores prata metálico e cinza metálico com detalhes cromados e em azul;
– Há vários itens no avião e no carro que remetem ao dueto entre as empresas brasileira e alemã;
– As empresas não divulgaram o preço do combo, mas a imprensa especializada cita que a dupla custaria US$ 10,9 milhões; 
– AGENDA: Segue a temporada de balanços do terceiro trimestre. Serão conhecidos números da Yduqs, a antiga universidade Estácio, da BRF, que é a dona das marcas Perdigão e Sadia, e também da XP Investimentos.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

 

 

Mais Recentes da CNN