Volkswagen deixa de fabricar o up!

Subcompacto da marca para de ser produzido em Taubaté (SP) após sete anos de história em nosso mercado

Foto: Divulgação

Thiago Moreno, colaboração para o CNN Brasil Business

Ouvir notícia

Quem estiver interessado em comprar um Volkswagen up! vai se decepcionar. O subcompacto da marca deixou de ser produzido e não consta mais no site oficial da empresa. A VW já confirmou a saída de linha do carro, que era produzido em Taubaté (SP), encerrando 7 anos de história do modelo em nosso país.

A confirmação vem 3 meses depois de a Volkswagen lançar a linha 2021 do up!, que passou a ter apenas quatro assentos para se adequar à legislação vigente que exige a instalação de cintos de segurança de três pontos e encostos de cabeça para todos os ocupantes nos carros fabricados no Brasil. Em 2019, o carro comemorou o marco de 300 mil unidades produzidas.

 

Em nota, a empresa lembrou que “essa decisão segue a estratégia de renovação do portfólio da Volkswagen, que passa pela maior ofensiva de produtos da sua história no país”. Um deles é o Taos, SUV médio que deve chegar em breve às lojas para competir no acirrado segmento dos SUVs médios, onde o Jeep Compass é o líder.

Em sete anos de história, o Volkswagen up! acumulou pioneirismos no Brasil. Logo no lançamento, em 2014, o carro se tornou o primeiro compacto do país a conseguir nota máxima em testes de segurança realizados pelo Latin NCAP. Além disso, foi o primeiro carro da montadora a utilizar um propulsor mais moderno, o 1.0 turbo flex de três cilindros que, posteriormente, foi empregado em diversos modelos da marca, como Polo, Virtus, Nivus e T-Cross.

Fim do up! pode dar pistas do futuro da marca no Brasil

Sem o up!, a fábrica da Volkswagen em Taubaté (SP) perde um dos modelos feitos por lá. Além do compacto, a linha de montagem no interior paulista ainda é responsável pela produção do Gol e do Voyage, dois modelos veteranos do mercado. Informações do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté apontavam que a fábrica da VW seria repaginada para construir plataformas mais modernas da empresa, como a MQB, usada pelo Polo e outros modelos.

Além disso, Alexander Seitz, diretor financeiro global da VW, afirmou que haverá “um novo modelo de entrada na região (da América Latina), o Polo Track”. A fala foi feita durante uma apresentação do executivo a investidores. Com isso, especula-se que a Volkswagen irá atualizar o visual do Polo, mas irá transferir a produção do modelo antigo para Taubaté (SP) como forma de oferecer uma versão mais barata do hatch, aproveitando a capacidade ociosa da unidade produtiva. Assim, Gol e Voyage também poderiam sair de linha futuramente.

Mais Recentes da CNN