Volta da Liga dos Campeões reúne Ronaldo, Messi, Neymar e os mais bem pagos

Mais importante competição de clubes do mundo terá jogos das oitavas-de-final nesta sexta e pelas próximas duas semanas até a final

O craque português Cristiano Ronaldo está de volta aos campos pela Liga dos Campeões da Europa
O craque português Cristiano Ronaldo está de volta aos campos pela Liga dos Campeões da Europa Foto: Alessandro Sabattini/ Getty Images

Do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

A retomada da disputa da Liga dos Campeões nesta sexta-feira (7) e no sábado (8) vai reunir na mesma competição quatro dos cinco jogadores de futebol mais bem pagos do mundo, incluindo salários e patrocínios.

A Uefa Champions League é o mais importante torneio de clubes do mundo. O clube vencedor levará € 19 milhões (cerca de R$ 120 milhões), sem contar bônus da TV pela conquista.

São dois jogos de volta nesta sexta (Manchester City x Real Madrid e Juventus x Lyon) e dois no sábado (Bayern Munich x Chelsea e Barcelona x Napoli), completando as oitavas-de-final.

Leia também:
Cristiano Ronaldo é 1º jogador de futebol a ganhar mais de US$ 1 bi na carreira
Jeff Bezos, da Amazon, acaba de estabelecer um novo recorde em sua fortuna
Dinheiro sem fim: fortuna de bilionários brasileiros cresceu 27% na pandemia

O líder da lista dos atletas mais bem pagos é o atacante português Cristiano Ronaldo, 35 anos, da Juventus. O time italiano recebe nesta sexta às 16h (de Brasília) o Lyon. No confronto de ida, a equipe francesa ganhou por 1 a 0.

Ronaldo terá uma receita estimada de US$ 105 milhões (cerca de R$ 565 milhões) neste ano: US$ 60 milhões de salários e US$ 45 milhões de patrocínios, de empresas como Nike, Unilever, DAZN e Herbalife, entre outros. Os dados são da Forbes.

Logo atrás vem o argentino Lionel Messi, 33 anos, do Barcelona. O time catalão recebe o Napoli nesta sábado em Barcelona, depois de um empate em 1 a 1 no jogo de ida. 

Messi terá um ganho estimado de US$ 104 milhões (cerca de R$ 560 milhões) em 2020, dos quais US$ 72 em salários e premiações e outros US$ 32 milhões de patrocinadores como Adidas, Gatorade, Mastercard, Pepsi e Huawei.

Completam a lista do top 5 dois atacantes do Paris Saint-Germain: o brasileiro Neymar (em terceiro, com US$ 95,5 milhões) e o francês Mbappé (em quinto, com US$ 33,8 milhões).

O PSG já está classificado para as quartas-de-final e enfrentará o Atalanta, da Itália, na próxima quarta-feira em Lisboa.

Neymar ganhará neste ano US$ 95,5 milhões (cerca de R$ 515 milhões): US$ 70,5 milhões em salários e US$ 25 milhões em patrocínios, ainda de acordo com a Forbes.

Nike, Mastercard, Gillette, TLC, Red Bull, Electronic Arts e DAZN estão entre as empresas que mais pagam ao jogador brasileiro para que ele associe a sua imagem a elas. 

O atacante egípcio Mohamed Salah, do Liverpool, completa o ranking com US$ 35,1 milhões, em quarto lugar. O time inglês, atual campeão da Liga dos Campeões, foi eliminado pelo Atletico Madrid nas oitavas-de-final.

As oito equipe classificadas para as quartas-de-final vão se reunir em Lisboa pelas próximas duas semanas para decidir o título em jogos únicos com portões fechados.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

 

Mais Recentes da CNN