Zoe E-Tech: Renault anuncia nova versão do seu elétrico por R$ 205 mil

Além das mudanças no modelo, a Renault anunciou outra novidade: vai permitir que os consumidores aluguem o carro elétrico

Foto: Divulgação/Renault

Leonardo Guimarães,

do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

A Renault anunciou, nesta quinta-feira (22), seu novo carro elétrico para o mercado brasileiro – o Zoe E-Tech, que será vendido por R$ 204.990 em sua versão mais simples e por R$ 219.990 na versão mais robusta.

O modelo é uma versão atualizada do Zoe, que está à venda para o consumidor final no Brasil desde 2018. 

Além da opção de venda, os consumidores também podem alugar o elétrico. A assinatura do carro vai custar a partir de R$ 3.890 mil por mês e será feita pelo Renault On Demand, serviço que cuida das assinaturas dos carros da empresa. 

A autonomia do carro de passeio não impressiona: com carga completa, o veículo consegue rodar 385 quilômetros sem precisar ir à tomada, capacidade dentro da média do mercado. O Zoe “antigo” tem autonomia de 300 quilômetros.

A bateria de 52 kWh do novo modelo ganha até 157 quilômetros de autonomia com 30 minutos de carga e precisa de 1h05 em um ponto de recarga rápida para completar 80% da capacidade. 

Além do preço, um dos fatores que dificultam a popularização dos elétricos no Brasil é a falta de infraestrutura de carregamento. Pensando nisto, a Renaut fechou uma parceria com a Weg (WEGE3) para o fornecimento de estações de recargas em um contrato supervisionado pela EDP.

Por enquanto, a Renault tem apenas dez estações de recarga instaladas em concessionárias de oito estados.

Os carregadores residenciais, que são os mais usados pelos donos de carros elétricos, também serão fabricados pela Weg e estarão disponíveis no e-commerce da EDP. Nesses Walbox, como é chamado o carregador caseiro, a carga completa leva 8h33. 

O motor do Zoe E-Tech tem 135 cavalos, vai de zero a 100 km/h em menos de 10 segundos e pode chegar, no máximo, a 140 km/h.

Uma das novidades do carro elétrico é o Modo B, um modo de condução por meio do qual o condutor quase não utiliza o pedal de freio. Quando ativado, o Modo B desacelera o carro de forma mais nítida depois que o motorista tira o pé do acelerador. Esta é uma funcionalidade comum nos carros elétricos e ajuda na recuperação de energia enquanto o carro está rodando. 

Mais Recentes da CNN