PMI da zona do euro: atividade cai ao menor nível em quatro meses

Apenas o PMI de serviços da zona do euro recuou de 48 em setembro a 46,2 em outubro, tocando o menor patamar em cinco meses

European Flags in front of the European Commission Headquarters building in Brussels, Belgium, Europe
European Flags in front of the European Commission Headquarters building in Brussels, Belgium, Europe Foto: Shutterstock

Sergio Caldas, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que engloba os setores industrial e de serviços, caiu de 50,4 em setembro para 49,4 em outubro, atingindo o menor nível em quatro meses, segundo dados preliminares divulgados nesta sexta pela IHS Markit.

A leitura abaixo de 50 mostra que a atividade do bloco voltou a se contrair neste mês em meio ao aumento no número de casos de infecção por covid-19. O resultado, porém, ficou ligeiramente acima da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam queda do indicador a 49,3.

Leia também:
Black Friday 2020: veja o que os brasileiros mais querem comprar na data
Governo revoga 48 normas trabalhistas e anuncia programa de simplificação

Apenas o PMI de serviços da zona do euro recuou de 48 em setembro a 46,2 em outubro, tocando o menor patamar em cinco meses. Neste caso, a projeção do mercado era de baixa menor, a 46,7. Já o PMI industrial do bloco avançou de 53,7 para 54,4 no mesmo período, atingindo o maior nível em 26 meses e surpreendendo analistas, que esperavam redução a 52,6.

Alemanha

O índice de gerentes de compras composto da Alemanha caiu de 54,7 em setembro para 54,5 em outubro, segundo dados preliminares da IHS Markit. Apesar da redução, a leitura acima de 50 mostra que a atividade da maior economia da Europa continua se expandindo neste mês. 

Apenas o PMI de serviços alemão recuou de 50,6 em setembro para 48,9 em agosto, atingindo o menor patamar em quatro meses. O resultado ficou ligeiramente abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam queda do indicador a 49. Além disso, a estimativa abaixo de 50 aponta contração no setor de serviços.

Por outro lado, o PMI industrial da Alemanha subiu de 56,4 para 58 no mesmo período, atingindo o maior nível em 30 meses. Neste caso, a projeção era de declínio a 54,8.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN