Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ainda é preciso ver qual será a nova regra fiscal, diz economista

    Especialista comentou sobre as perspectivas econômicas do país e sobre a PEC do Estouro

    Aod Cunha, comentarista CNN
    Aod Cunha, comentarista CNN Reprodução CNN

    Jorge Fernando Rodriguesda CNN

    em São Paulo

    Em entrevista à CNN, nesta quinta-feira (8), o economista Aod Cunha avaliou que “ainda é preciso ver qual será a nova regra fiscal” do Brasil. O especialista comentou sobre as perspectivas econômicas do país e sobre a PEC do Estouro.

    A proposta expande o teto de gastos em R$ 145 bilhões por dois anos, viabilizando a manutenção do Auxílio Brasil, que deverá voltar a se chamar Bolsa Família, em R$ 600 no próximo ano.

    Segundo o especialista, o mercado continua preocupado com o impacto fiscal que deve ser gerado com a proposta.

    “Tem uma autorização [para gastar] de mais de R$ 200 bilhões. Essa é uma trajetória que, projetando o déficit estimado para 2023, com a taxa de juros, mais o crescimento do PIB sinaliza que a relação dívida/PIB, que é o que preocupa mais o mercado, vai continuar subindo. É por isso que isso acaba afetando o dólar, a bolsa, a curva de juros. O que é ruim para o planejamento das empresas, geração dos empregos e investimentos”, disse.

    O texto aprovado pelo Senado na quarta-feira (7) também prevê a abertura de cerca de R$ 23 bilhões para novos gastos já neste ano, na reta final do governo de Jair Bolsonaro (PL), e que o governo eleito envie um projeto sobre nova regra fiscal até 31 de agosto que vem.

    Veja a entrevista completa no vídeo acima.