Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Americanas lança curso de capacitação em tecnologia com 20 mil bolsas de estudo

    Programa é voltado para universitários e recém-formados com interesse em ciência de dados e engenharia de software; inscrições vão até 21 de setembro

    O curso, chamado Americanas Futuro Polo Tech, está em sua primeira edição e conta com conteúdo desenvolvido pela Let’s Code
    O curso, chamado Americanas Futuro Polo Tech, está em sua primeira edição e conta com conteúdo desenvolvido pela Let’s Code Divulgação / Americanas

    Fabrício Juliãodo CNN Brasil Business

    em São Paulo

    A Americanas lançou um programa de capacitação em tecnologia para universitários e recém formados interessados em ciência de dados e engenharia de software. Serão disponibilizadas até 20 mil bolsas de estudo.

    O curso, chamado Americanas Futuro Polo Tech, está em sua primeira edição e conta com conteúdo desenvolvido pela Let’s Code. Segundo a Americanas, o projeto estima impactar 70 mil estudantes em até cinco anos.

    Visando “expandir o desenvolvimento de talentos da tecnologia além do eixo Rio-São Paulo”, a empresa anunciou que esta primeira edição vai focar em pessoas de Manaus, Quixadá, Russas, Itapajé, Florianópolis e Recife, além da região da Grande Vitória.

    As inscrições podem ser feitas até 21 de setembro por meio do site polotech.americanas.io.

    Em uma primeira etapa, o curso será 100% online e abordará conceitos e práticas introdutórias em ciência de dados e engenharia de software (front-end e back-end), que contará como a fase inicial do processo seletivo.

    Já a segunda parte irá contemplar apenas os 200 candidatos melhores avaliados, que passarão por um aprofundamento nas duas disciplinas. Para aqueles selecionados, o programa terá duração de cinco meses, com conteúdo assíncrono e aulas online ao vivo, realizadas três vezes na semana, às segundas, quartas e sextas, das 19h às 22h.

    Além dos conteúdos de aprendizagem, o programa contará com participação exclusiva do Google Cloud na capacitação dos 200 alunos selecionados, que terão acesso a laboratórios práticos e digital skill badges.

    “O aluno de dados será capaz de aplicar técnicas modernas de machine learning para criar predições e clusterizações de dados usando algoritmos capazes de aprender por treinamento”, afirmou o head pedagógico da Let´s Code from Ada, Gabriel Militello.

    “Já as turmas de back-end serão capazes de aplicar a linguagem java para criação de aplicações web server-side. Na trilha de front-end os alunos serão capazes de criar aplicações client-side usando React, um dos frameworks mais importantes do momento”, completou.

    Processo seletivo

    Para participar do processo seletivo é necessário ser recém-formado ou graduando do último ano de um dos seguintes cursos: Ciências, Tecnologia, Engenharias, Matemática, Física ou Estatística.

    O processo seletivo para a segunda fase da capacitação é composto pelo empenho em um treinamento online inicial, além de teste de lógica, matemática e programação. Os candidatos também deverão preparar um vídeo de apresentação e passar por uma dinâmica em grupo.

    Por fim, os postulantes deverão realizar a etapa Coding Tank, que abrange aulas remotas, ao vivo, de lógica da programação para avaliação na prática. Após concluir todas as etapas, o candidato é avaliado e pode se tornar elegível para iniciar o curso completo.