Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Aneel aprova reajuste tarifário médio de 7,22% para distribuidora de Goiás em 2022

    Reajuste, que passa a vigorar em 22 de outubro, terá efeitos distintos por classes de consumidores

    Linhas de alta tensão em Brasília
    Linhas de alta tensão em Brasília REUTERS/Ueslei Marcelino

    da Reuters

    A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (18) reajuste anual médio de 7,22% para a distribuidora de energia que atende 3,26 milhões de consumidores de Goiás.

    O reajuste, que passa a vigorar em 22 de outubro, terá efeitos distintos por classes de consumidores.

    Aqueles ligados em baixa tensão perceberão um aumento tarifário de 5,81%, enquanto consumidores ligados em alta tensão terão impacto de 10,84%.

    Segundo cálculos da Aneel, a alta tarifária foi puxada principalmente por um aumento dos encargos setoriais.

    Já medidas de mitigação tarifária, como devolução de créditos tributários aos consumidores, reduziram a conta em 13,3 pontos percentuais.

    A distribuidora goiana, que está entre as piores em prestação de serviços no país, foi recentemente vendida pelo grupo italiano Enel à Equatorial Energia.

    Na semana passada, a Aneel concluiu que a concessionária descumpriu dois critérios mínimos estabelecidos em seu contrato de concessão no ano de 2021.