Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Black Friday: veja dicas para vender mais e conquistar novos clientes

    Período é considerado um dos mais importantes do ano para o varejo e acontece no próximo dia 24

    Confira 7 dicas para vender mais na Black Friday
    Confira 7 dicas para vender mais na Black Friday Pexels/Max Fischer

    Amanda Sampaioda CNN

    São Paulo

    A pouco mais de uma semana da tão esperada Black Friday — que neste ano cai no dia 24 de novembro — os pequenos e grandes empreendedores seguem nos preparativos para alavancar as vendas.

    Por isso, a CNN conversou com a consultora de negócios do Sebrae-SP Ariadne Mecate, que preparou algumas dicas de como vender mais neste período, considerado um dos mais importantes para o varejo no ano.

    1 – Entenda que a Black Friday é uma oportunidade

    Em primeiro lugar, é essencial que o empreendedor veja a Black Friday como uma oportunidade para seu negócio, e não apenas uma época para vender mais e com preços descontados.

    “É também uma oportunidade para a sua empresa vender para aqueles clientes que estão seguido sua página e ainda não compraram nada, por exemplo. É uma chance de abrir mercado”, explica Mecate.

    2 – Identificar produtos e serviços que serão ofertados com desconto

    Para a consultora de negócios do Sebrae-SP, o segundo passo mais importante para alavancar as vendas na Black Friday é selecionar muito bem os produtos e serviços que serão ofertados com desconto para os clientes.

    Ela também recomenda que o empreendedor faça uma pesquisa com os consumidores para entender quais itens eles têm mais interesse em comprar.

    “Isso pode servir como uma isca. Você coloca o produto com uma oferta, ele [cliente] compra, gosta da experiência e pode acabar comprando mais vezes”, pontua.

    Além disso, consultar o histórico de vendas em outras edições da Black Friday ou utilizar ferramentas como o Google Trends também podem ser ótimas táticas para entender o comportamento de busca do consumidor.

    3 – Capriche no desconto

    Pode parecer óbvio, mas caprichar no desconto é uma das coisas mais importantes quando se pensa em Black Friday, especialmente considerando que o consumidor tem o hábito de pesquisar os preços na internet antes de concretizar uma compra.

    “Segundo uma pesquisa do Google, 91% das pessoas pesquisam na internet as opções antes de comprar, e duas em cada três pessoas pretendem comprar na Black Friday deste ano”, cita a especialista.

    “Por isso, tem que caprichar no desconto, tem que ser um desconto expressivo”, completa.

    Uma das recomendações da consultora é fazer uma análise financeira da porcentagem de desconto que o empreendedor consegue dar ao cliente, sem que ele saia no prejuízo.

    “A ideia não é que você perca, mas pode ser uma oportunidade. Às vezes você pode até não ganhar tanto, mas se pensarmos a longo prazo, bons descontos podem abrir portas para novos clientes”, afirma.

    Além disso, negociar condições de pagamento ou melhores prazos com fornecedores pode ajudar a conceder descontos maiores na Black Friday.

    5 – Divulgue as ofertas

    Ofertas não devem ser mantidas em segredo e precisam ser divulgadas para ter maior alcance.

    “Não adianta ter uma oferta boa, site, SAC, vitrine, grupos, influenciadores se não divulgar de forma certa seu produto. Por isso, é importante já começar a fazer planejamento e dar ‘spoiler’ para os clientes”, diz Mecate.

    A especialista destaca que os consumidores já estão a procura de ofertas, por isso, é importante divulgar as promoções com antecedência.

    6 – Organize sua equipe

    Organização e bom atendimento também são fundamentais para aumentar as chances de venda, explica a especialista do Sebrae-SP.

    “É preciso ter muito claro quem vai atender, o horário de funcionamento e se haverá turno maior. Além disso, treinar a equipe para saber responder dúvidas dos clientes é essencial”, afirma.

    7 – Cuide da experiência do cliente

    A consultora destaca que a experiência do cliente deve ser considerada tanto na loja física, quanto no online.

    Fatores como tempo de carregamento, suporte ao consumidor e segurança estão no topo da lista de prioridades.

    “Além disso, é importante deixar claro as políticas de compra, estoque e a validade das ofertas”, acrescenta.

    Atenção ao pós-venda

    Tão importante quanto vender, é avaliar os resultados das promoções e os aprendizados que a experiência trouxe ao empreendedor.

    Na mesma linha, é de suma importância manter um relacionamento ativo com os clientes que compraram na Black Friday.

    “Isso vale tanto para os antigos e com os novos, que vieram pela isca da promoção. O que a empresa vai fazer para continuar vendendo para esse cliente?”, questiona.

    A recomendação é investir em um bom pós-venda, com pesquisas de satisfação, por exemplo.

    Além disso, é importante manter o cliente engajado em eventos e eventuais lançamentos ou novas ofertas de serviços e produtos.

    Veja também: Black Friday – Entenda quais são os golpes mais aplicados na data