Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    BlackRock: Mercados emergentes têm maior risco de danos permanentes por Covid-19

    Economistas da maior gestora de ativos do mundo alertam para ameaça de piora da crise sanitária e impactos de uma possível desaceleração econômica da China

    Logo da BlackRock em painel na bolsa de valores de Nova York (30.mar.2017)
    Logo da BlackRock em painel na bolsa de valores de Nova York (30.mar.2017) Foto: REUTERS/Brendan McDermid

    Marc Jones, da Reuters

    Alguns mercados emergentes enfrentam o risco de danos econômicos permanentes decorrentes da pandemia de coronavírus, alertou a maior administradora de ativos do mundo, a BlackRock, nesta segunda-feira (9).

    Economistas do Instituto de Investimento da BlackRock disseram em uma nota semanal que, embora o crescimento europeu agora esteja se aproximando da taxa dos Estados Unidos, os mercados emergentes parecem estar cambaleantes em direção a uma estagnação.

     

    Eles disseram que isso reflete os desafios em muitos mercados emergentes, onde o ressurgimento de surtos de Covid-19 ameaça a imposição de lockdowns e uma piora das condições sanitárias, enquanto uma possível desaceleração econômica da China também pode ter impacto generalizado.

    “No longo prazo, vemos um risco maior de danos permanentes em alguns mercados emergentes devido a vacinações lentas e espaço de política monetária mais limitado”, disse a BlackRock, que recentemente rebaixou sua visão sobre ações e dívidas de países em desenvolvimento para “neutra”.

    Tópicos

    Tópicos