Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    BNDES e governo de MG assinam contrato para modelar até 2,4 km de rodovias

    Objetivo deste projeto a ampliar e melhorar da infraestrutura de rodoviária e serviços de logística e transporte mineiro

    Estão inclusas rodovias nas regiões do Vetor Norte, da Zona da Mata e do Noroeste mineiro
    Estão inclusas rodovias nas regiões do Vetor Norte, da Zona da Mata e do Noroeste mineiro Foto: Divulgação

    Da CNN

    São Paulo

    O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES) assinou nesta quinta-feira (15) um contrato com o governo de Minas Gerais para realizar estudos técnicos e estruturar a concessão de um conjunto de novos trechos rodoviários em diferentes regiões do Estado, que somam até 2,4 mil km.

    Neste projeto estão inclusas rodovias localizadas nas regiões do Vetor Norte, da Zona da Mata e do Noroeste mineiro. Os trechos fazem parte da Terceira Rodada do Programa de Concessão de Rodovias Estaduais de Minas Gerais.

    Segundo o diretor de Planejamento e Estruturação de Projetos do BNDES, Nelson Barbosa, o objetivo deste projeto a ampliar e melhorar da infraestrutura de rodoviária e serviços de logística e transporte no Estado de Minas Gerais, por meio da estruturação de parcerias com a iniciativa privada.

    Conforme informações do BNDES, a partir dos estudos técnicos, o banco contribuirá para a identificação e alocação dos riscos associados aos empreendimentos, a qualidade e a modicidade tarifária e a avaliação da viabilidade técnica, econômica e ambiental dos projetos.

    Com o apoio de consultorias especializadas, serão avaliados também os melhores modelos de negócios para a viabilizar a concessão.

    Barbosa disse ainda que o banco acompanhará ainda os processos de consulta e audiência pública, de realização dos leilões e da assinatura do contrato entre o setor público e o parceiro privado vencedor do certame.

    “Tanto no financiamento quanto na estruturação de projetos, o BNDES demonstra o seu comprometimento com o apoio aos diversos estados e com o desenvolvimento do país”, explica.

    Ainda de acordo com informações do banco, além dos novos trechos, o contrato também prevê que poderão ser reavaliados os projetos para concessão de até 1.109,5 km de rodovias localizadas nas regiões de São João del Rei, da Lagoa da Prata-Itapecerica e de Patos de Minas-Arcos.

    Veja também: Governo quer retomar BNDES financiando obras no exterior

    *Publicada por Diego Mendes.