Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Bolsas da Ásia fecham majoritariamente em baixa, após perdas em Wall Street

    Hang Seng caiu 0,83% em Hong Kong, a 17.079,51 pontos, pressionado por ações de bancos, enquanto o Taiex recuou 0,92% em Taiwan, a 13.300,48 pontos

    Mercados da China continental e da Coreia do Sul não operaram nesta segunda, devido a feriados
    Mercados da China continental e da Coreia do Sul não operaram nesta segunda, devido a feriados Foto: Toru Hanai/File Photo/Reuters

    Sergio Caldas*, do Estadão Conteúdo

    As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam majoritariamente em baixa nesta segunda-feira (3), após Wall Street encerrar setembro com perdas robustas em meio a crescentes temores de recessão.

    O índice acionário Hang Seng caiu 0,83% em Hong Kong, a 17.079,51 pontos, pressionado por ações de bancos, enquanto o Taiex recuou 0,92% em Taiwan, a 13.300,48 pontos.

    Os mercados da China continental e da Coreia do Sul não operaram nesta segunda, devido a feriados.

    Na Oceania, a bolsa australiana teve queda de 0,27% em Sydney, a 6.546,90 pontos, em meio a uma liquidação de ações de tecnologia.

    Exceção na região asiática e do Pacífico, o japonês Nikkei subiu 1,07% em Tóquio, a 26.215,79 pontos, com a ajuda de papéis de fabricantes de chips e de montadoras.

    O predomínio do mau humor veio após as bolsas de Nova York terminarem a última semana com baixas próximas de 3%, ainda diante de preocupações de que pressões inflacionárias e o acelerado aumento de juros nos EUA acabem levando a maior economia do mundo a uma recessão.

    Apenas o S&P 500 sofreu um tombo de 9,3% em setembro, o maior desde março de 2020.