Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Bolsas da Europa fecham em baixa, com aperto monetário de BCs em foco

    Índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em baixa de 1,79%, em 399,76 pontos

    Sergio Caldas*, do Estadão Conteúdo

    Os mercados acionários da Europa registraram queda nesta quinta-feira (22).

    A abertura foi bastante negativa, na esteira da elevação de juros na quarta-feira nos Estados Unidos, e no próprio continente outros bancos centrais, como o do Reino Unido, também apertaram a política monetária para conter a inflação, o que tende a ser negativo para as ações.

    Um indicador fraco da região não colaborou, pressionando os índices no fim do pregão.

    O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em baixa de 1,79%, em 399,76 pontos.

    O Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) cumpriu a expectativa e elevou os juros em 50 pontos-base, em decisão dividida.

    Para o TD Securities, o banco central mostrou postura mais hawkish e deve realizar mais duas altas no mesmo nível da de hoje ainda em 2022.

    A Capital Economics, por sua vez, considerou que os juros devem subir dos 2,25% estabelecidos hoje até 4,0%, com o corte ficando apenas para 2024.

    Também nesta quinta-feira, o BC da Suíça elevou os juros em 75 pontos-base, a 0,50%, e o da Noruega subiu sua taxa básica em 50 pontos-base, a 2,25%.

    Na contramão da maioria, o BC da Turquia cortou os juros em 1 ponto porcentual, a 12%, apesar da inflação mais alta desde 1998 no país.

    A tendência geral de aperto monetário tende a ser negativa para as bolsas. Além disso, na agenda de indicadores, o índice de confiança do consumidor da zona do euro recuou a -28,8 em setembro, na mínima histórica e abaixo da previsão de -25,6 dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal.

    Nos mercados acionários, a abertura foi claramente negativa. Chegou a haver redução de perdas em alguns momentos do dia, mas sem alterar o tom geral. Na Bolsa de Londres, o índice FTSE 100 fechou em queda de 1,08%, em 7.159,52 pontos.

    • Em Frankfurt, o índice DAX caiu 1,84%, a 12.531,63 pontos.
    • Na Bolsa de Paris, o índice CAC 40 registrou baixa de 1,87%, a 5.918,50 pontos, terminando na mínima do dia.
    • Em Milão, o FTSE MIB recuou 1,07%, a 21.799,11 pontos.
    • Na Bolsa de Madri, o índice IBEX 35 fechou em queda de 1,24%, em 7.774,70 pontos.
    • Em Lisboa, o índice PSI 20 caiu 1,82%, a 5.678,63 pontos.