Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Bolsonaro diz que bandeira vermelha “não é maldade” e pede economia de luz

    Durante sua live semanal, presidente Jair Bolsonaro disse ainda que reservatórios do país estão "no limite do limite"

    Da CNN*

    São Paulo

    O presidente Jair Bolsonaro(sem partido) comentou, na noite desta quinta-feira (26), durante a live que realiza semanalmente, que a bandeira vermelha na tarifa de conta de luz “não é maldade”.

    Segundo o presidente, a medida é adotada para que o governo consiga pagar outra fonte de energia, no caso as termelétricas, já que os reservatórios de água vivem uma seca histórica.

    “Quando a gente decreta a bandeira vermelha, não é maldade. É que precisamos pagar outra fonte geradora de energia, que no caso são as termelétricas, que são muito mais caras por conta do diesel”, afirmou o presidente.

    Bolsonaro pediu, ainda, que as pessoas apaguem um ponto de luz em suas casas para economizar energia.

    “Eu tenho certeza que você pode apagar um ponto de luz agora. Apague um ponto de luz. Assim, você estará ajudando a economizar energia e água das hidrelétricas. Em grande parte das represas, já estamos na casa entre 10% e 15% de armazenamento. Estamos no limite do limite”, completou o presidente.

    No início de agosto, aAgência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que manteria a bandeira vermelha 2, em vigor desde junho, em meio a uma seca histórica na região das hidrelétricas.

    *Publicado por Ana Carolina Nunes