Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Cobertura na velocidade plena do 5G será gradativa, diz conselheiro da Anatel

    Especialista afirmou também que alguns celulares só conseguirão conectar ao 5G quando o software do aparelho for atualizado

    Artur Nicocelido CNN Brasil BusinessLudmila Candalda CNN

    em São Paulo

    O sinal 5G “puro” foi ativado na cidade de São Paulo nesta quinta-feira (4), porém, não são todos os bairros da capital paulista que tiveram a conexão total.

    Até o momento, a maior conectividade foi no Centro Histórico, na região da Avenida Paulista e no Itaim Bibi.

    Em entrevista à CNN, Moisés Moreira, conselheiro da Anatel, afirmou que a cobertura na velocidade plena do 5G será gradativa.

    O especialistas disse também que dependendo da região onde o usuário está, ele pode ter conectividade ou não. “Eu não sei se todas as antenas [das 462] foram ligadas”.

    Até o momento, foram instaladas 462 antenas, ou seja, 1 para cada 100 mil habitantes. Mas, a Anatel já tem pedidos de cadastramento de mais de 1400 antenas para São Paulo.

    A distribuição do 5G também depende das operadoras e não são todos os bairros que terão acesso à tecnologia. Assim, mesmo que uma pessoa tenha o aparelho apto, pode ser que não consiga se conectar à faixa.

    Segundo a Anatel, “cada prestadora possui sua estratégia de implantação e expansão da rede. Sendo assim, é natural que, nesse momento inicial, nem todas as operadoras atendam todos os bairros e regiões”.

    Outro ponto que os brasileiros devem ter no radar, segundo Moreira, é que alguns celulares só conseguirão conectar ao 5G quando o software do aparelho for atualizado. E também pode existir a necessidade de trocar o chip do celular.