Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Com razão mercado fica preocupado”, diz economista sobre crítica de Lula a BC

    Em entrevista à CNN, Zeina Latif comentou fala do presidente criticando a autonomia do Banco Central

    Thiago FélixJuliana Eliasda CNN

    em São Paulo

    A economista e consultora Zeina Latif defendeu a importância da autonomia do Banco Central em entrevista à CNN nesta quinta-feira (19) e rebateu as críticas feitas mais cedo pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que chamou de “bobagem” a independência da entidade.

    “É verdade que, quando Lula foi presidente, o Banco Central não tinha essa independência formal

    “Acho pouco provável que [Lula] fale para mudar a lei, tirar a autonomia do BC, mas, de qualquer forma, tem muita coisa em jogo”, disse ela, em entrevista à CNN.

    “São dois anos que Campos Neto [atual presidente do BC] vai continuar, tem decisão de qual pode ser a meta de inflação definida pelo Conselho Monetário Nacional. Então a fala do presidente Lula acaba respingando nessas questões (…). Com razão o mercado fica preocupado.”

    “Eu duvido que esse presidente do Banco Central seja mais independente do que foi o [Henrique] Meirelles”, disse Lula em entrevista nesta quinta-feira. “Por que com o banco independente a inflação está do jeito que está? Os juros do jeito que está?”

    Após as declarações, tanto os juros futuros quanto o dólar passaram a ter altas fortes

    Latif defendeu a conquista da autonomia do Banco Central, formalizada por lei em 2021, como “um ganho importante”.

    “Chegar e falar que o BC tem meta e tem autonomia ajuda o próprio esforço; não precisa tanto subir a taxa de juros em um contexto de credibilidade”, afirmou.