Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Com Selic a 13,25%, quanto rende investir R$ 1.000 na poupança, Tesouro Direto ou fundo

    Mesmo com corte anunciado pelo Banco Central, investimentos em renda fixa pós-fixada, que acompanham a taxa, tendem a continuar atrativos

    Da CNN

    em São Paulo

    Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) decidiu reduzir a taxa básica de juros em 0,50 ponto percentual nesta quarta-feira (2).

    Após um ano, a taxa Selic passa a ser de 13,25% ao ano.

    Apesar do recuo, investimentos em renda fica pós-fixadas — atrelados ao patamar dos juros — tendem a continuar atrativos.

    É o que diz Michael Viriato, estrategista da Casa do Investidor, que realizou um levantamento, a pedido da CNN, mostrando quanto rende uma aplicação de R$ 1.000 com a atual taxa.

    Os números mostram que a poupança segue com o menor rendimento tanto no curto e longo prazo: em seis meses, a aplicação chega a R$ 1.040,53 e, em 30 meses, a R$ 1.219,75.

    Já a melhor opção está nos CDBs de bancos médios, que pagam até 110% do CDI.

     

    A lista apresenta valores em percentuais e em reais sobre a poupança, Tesouro Direto, CDBs e fundos DI, que têm rendimento predeterminado e acompanham o CDI.

    E, apesar de as taxas de administração variarem entre fundos e corretoras, a simulação considerada taxa de 1% para os fundos DI e 0,2% para Tesouro Selic.

    A taxa de custódia do Tesouro Selic, cobrada pela B3, está zerada atualmente para aplicações inferiores a R$ 10 mil.

    Confira as projeções de rendimento.

    *publicado por Pedro Zanatta, da CNN.