Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Comércio investe em qualificação com faculdade focada no setor varejista

    Instituição foi criada há dois anos e tem empresários do setor entre o corpo docente

    Diretor acadêmico Roberto Macedo, com os alunos da da FAC
    Diretor acadêmico Roberto Macedo, com os alunos da da FAC Divulgação

    Diego Mendesdo CNN Brasil Business

    São Paulo

    Com foco na qualificação do trabalhador do setor varejista, a Faculdade do Comércio de São Paulo (FAC-SP) foi criada há dois anos pelo Instituto Paulista de Ensino Superior do Comércio S/A.

    Wilson Victorio Rodrigues, diretor geral da instituição, conta que a proposta da Faculdade do Comércio se deu diante de dados do setor que apontavam para a pouca qualificação do trabalhador do varejo.

    “As pessoas ingressam no mercado de trabalho por meio do comércio. Geralmente o primeiro emprego é no comércio, mas o funcionário não cria sua carreira nesse setor, ou seja, não almeja se tornar gerente, supervisor, diretora”, pontua.

    Pensando nesse cenário, Rodrigues lembra que se reuniu com grandes empresários do varejo, como Luiza Trajano, Flávio Rocha, dentre outros, que confirmaram essa percepção da falta de mão-de-obra qualificada para o setor. “Foi partindo deste ponto que montamos a faculdade, juntamente com a Associação Comercial de São Paulo, a entidade que representa o comércio e varejo”, mostra.

    “A faculdade do comércio é a única no Brasil voltada para o varejo, não há outra. Diferente do Sebrae e Senac, que focam mais no ensino profissionalizante nível técnico, a FAC tem essa proposta de ensino superior, de uma formação mais estratégica”, afirma Wilson Victorio Rodrigues, diretor geral da instituição, que conta com alguns empresários varejistas entre a equipe de professores.

    Entre eles, Pedro Parente – presidente do Conselho de Administração da BRF; Andrea Matarazzo – administrador, diplomata, empresário; Décio Sonohara – diretor executivo de Infraestrutura da Magazine Luiza e Flávio Rocha – presidente do Conselho de Administração do Grupo Guararapes.

    Além das aulas presenciais, a faculdade também oferece o ensino a distância. De acordo com Rodrigues, todo o conteúdo das aulas online são produzidos dentro da faculdade, não tem conteúdo terceirizado.

    Rodrigues destaca ainda que a FAC está acompanhando a mudança que o comércio vem passando no mundo, principalmente o impacto da pandemia no e-commerce global.

    Uma mais recente pesquisa de qualidade do ensino superior, publicada no Guia da Faculdade, elaborado pelo jornal O Estado de S. Paulo, em parceria com a Quero Educação, trouxe a Faculdade do Comércio de São Paulo (FAC-SP), entre as cinco melhores instituições de ensino superior do país.

     

    Comércio no Brasil

    As vendas no comércio varejista brasileiro registraram crescimento de 1,1% em setembro, em relação ao mês anterior, informou o IBGE nesta quarta-feira (9). Trata-se do primeiro crescimento em cinco meses.

    Na comparação com setembro de 2021, o setor registra avanço de 3,2%. No ano, o setor acumulou aumento de 0,8%, e, nos últimos 12 meses, queda de 0,7%. Na comparação anual, o setor apresenta a segunda alta seguida.

    O resultado de setembro fica 3,6% abaixo do nível recorde de outubro de 2020 e 2,8% acima do patamar pré-pandemia (fevereiro de 2020), diz o IBGE.

    Seis das oito atividades pesquisadas apresentaram variação positiva na passagem do mês: Livros, jornais, revistas e papelaria (2,5%), Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (1,7%), Combustíveis e lubrificantes (1,3%), Hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (1,2%), Tecidos, vestuário e calçados (0,7%) e Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, e de perfumaria (0,6%).