Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CVM abre 3º processo para apurar rombo da Americanas

    Autarquia já havia iniciado na quinta, mais cedo, outra ação que se refere à análise de informações contábeis

    Comissão de Valores Mobiliários (CVM)
    Comissão de Valores Mobiliários (CVM) Foto: Divulgação

    Juliana Garçon, do Estadão Conteúdo

    A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu nesta quinta-feira (12) mais um processo administrativo – o terceiro – para apurar as condutas relacionadas à falha contábil de R$ 20 bilhões reconhecida pela Americanas.

    O processo tem número 19957.000425/2023-42, mas não pode ser visualizado no site da reguladora do mercado de capitais brasileiro, o que significa que corre em sigilo.

    A autarquia já havia iniciado na quinta, mais cedo, um processo de número 19957.000413/2023-18, que se refere à análise de informações contábeis. O outro, de número 19957.000415/2023-15, se refere a notícias, fatos relevantes e comunicados.

    Os procedimentos podem se transformar em processos sancionadores pela reguladora, de acordo com o desdobramento das investigações.

    “Após a investigação e apuração dos atos, fatos e eventos, caso venham a ser formalmente caracterizados ilícitos e/ou infrações, cada um dos responsáveis poderá ser devidamente responsabilizado com o rigor da lei e na extensão que lhe for aplicável, sendo facultado à CVM recorrer também aos convênios e acordos de cooperação com Polícia Federal e Ministério Público Federal”, aponta a autarquia em nota.