Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Defasagem do diesel salta para 27,78% com dólar, apesar de queda do petróleo

    Alta do dólar em relação ao real vem intensificando a defasagem dos preços internos dos combustíveis nas refinarias da Petrobras em relação ao mercado internacional

    Posto de gasolina abastece veículos com óleo diesel
    Posto de gasolina abastece veículos com óleo diesel ESTADÃO CONTEÚDO

    Denise Luna, do Estadão Conteúdo

    A alta do dólar em relação ao real vem intensificando a defasagem dos preços internos dos combustíveis nas refinarias da Petrobras em relação ao mercado internacional, informou nesta segunda-feira (31), o Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE). Segundo o relatório diário, a defasagem do diesel atingiu 27,78% e da gasolina, 18,38%.

    Para alinhar os preços da Petrobras com o mercado internacional, a empresa deveria reajustar seus dois produtos em R$ 1,88 e R$ 0,74 por litro, respectivamente.

    Em reunião do Conselho de Administração da estatal, realizada na semana passada, foi avaliado que os preços estão alinhados com o mercado externo.

    A diferença da avaliação da Petrobras com as projeções do Cbie e da Associação dos importadores de Combustíveis (Abicom), que também vê defasagem nos preços dos dois produtos, foi explicada pela Petrobras pelo uso de fórmulas distintas de cálculo, mas a empresa não deu detalhes.

    De acordo com o CBIE, os contratos futuros do petróleo e seus derivados foram impactados pelo retorno das medidas restritivas de coronavírus (covid-19) na China.

    “Contrariando a expectativa de investidores, de que após assegurar seu poder o presidente do país, Xi Jinping, aliviaria a política de Covid-Zero, o governo chinês impôs uma série de lockdowns“, explicou no relatório.

    De acordo com o levantamento, apesar do potencial de desaceleração econômica e a queda na demanda por energia impactar o preço do petróleo, os preços também receberam influência de um desempenho positivo do índice do dólar, que havia apresentado tendência negativa ao longo da semana passada.