Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Economia russa está em “choque” por guerra econômica sem precedentes, diz Kremlin

    Ocidente impôs sanções abrangentes contra a Rússia por invasão à Ucrânia

    Vista do Kremlin em Moscou
    Vista do Kremlin em Moscou 06/10/2021 REUTERS/Evgenia Novozhenina

    Reuters

    O Kremlin disse nesta quinta-feira (10) que a economia da Rússia está passando por um choque e que medidas estão sendo tomadas para amenizar o impacto do que descreveu como uma guerra econômica “absolutamente sem precedentes” travada contra Moscou.

    O Ocidente impôs sanções abrangentes contra a Rússia por sua invasão à Ucrânia.

    “Nossa economia está sofrendo um impacto de choque agora e há consequências negativas, elas serão minimizadas”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, a repórteres em teleconferência.

    Ele descreveu a situação como turbulenta, mas disse que já estão sendo tomadas medidas para acalmá-la e estabilizá-la.

    “Isso é absolutamente sem precedentes. A guerra econômica que começou contra nosso país nunca aconteceu antes. Portanto, é muito difícil prever qualquer coisa.”

    Rússia não quer nunca mais depender do Ocidente, diz Lavrov

     Ainda nesta quinta-feira, o ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, disse que a Rússia não quer nunca mais depender de países ou empresas ocidentais, acrescentando que o Ocidente está usando a Ucrânia para minar a Rússia.

    Lavrov disse em entrevista coletiva após reunir-se com o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, que a Rússia nunca usou o petróleo e o gás como armas e que o país sempre terá mercado para suas exportações de energia.